Arquivo da Categoria ‘Bruxaria’

Previsão de Rasputin: fim do mundo será em 23 de agosto de 2013

Quarta-feira, 7 de Agosto de 2013

Blog Page Not Found / O Globo - 02/08/2013

O fim do mundo que teria sido previsto pelo calendário maia falhou. Será que a previsão feita por Grigori Rasputin (1869 - 1916) vai se concretizar?

rasputin.jpg

O mítico e místico personagem da História da Rússia, possuía o dom da profecia, segundo relatos de contemporâneos seus. E Rasputin previu que o mundo vai acabar em 23 de agosto de 2013, quando uma “terrível tormenta” cairá sobre a Terra.

“O fogo vai devorar a vida na Terra e depois a vida na Terra acabará e reinará o silêncio das tumbas”, previu o russo, de acordo com a agência RT.

Ainda segundo Rasputin, pouco antes do cataclisma, “Jesus Cristo voltará à Terra para advertir a Humanidade sobre o iminente desastre”.

Os supostos poderes fizeram Rasputin ter acesso ao restrito círculo da Corte imperial russa. Ele teria salvo Alexei Romanov, o filho do czar, que era hemofílico. O acontecimento, no início do século passado, fez a czarina Alexandra Feodorovna prestar devoção a Rasputin, denominando-o de “mensageiro de Deus”.

Depois de algumas tentativas frustradas de envenenamento, Rasputin morreu fuzilado e acabou tendo o corpo jogado em um rio.

* Fonte:
http://oglobo.globo.com/blogs/pagenotfound/posts/2013/08/02/previsao-de-rasputin-fim-do-mundo-sera-em-23-de-agosto-505570.asp

* Outras informações:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Grigori_Rasputin

* Comentário: Obviamente não acredito nesta suposta “profecia”, porém publico este tipo de matéria para deixar registrada todo tipo de previsão sobre o “fim do mundo”.

Primeira temporada da série Revenge terminou ao som de música satânica

Sexta-feira, 5 de Julho de 2013

Por Gustavo Guerrear, editor do Tabernaculonet - 04/07/013

Não é meu objetivo falar de séries de TV, mas só vou contextualizar. Há algum tempo atrás comecei a assistir a série de TV norte-americana “Revenge“. A princípio comecei assistindo na Globo, enquanto esperava a transmissão do programa do UFC. Depois vi que a primeira temporada da série havia entrado no Netflix e resolvi assistir. Terminei ontem à noite.

No fim das contas cheguei à conclusão que não vou assistir a segunda temporada. A série tem algumas histórias muito interessantes, mas tem muita coisa ruim (obviamente dentro do tema central: vingança) e achei que transmite uma carga negativa muito grande. Claro que isso tudo é algo totalmente pessoal, e logicamente cada pessoa lida de um jeito com esse tipo de coisa.

Eu não tenho problemas para separar ficção de realidade, mas o fim da picada ocorreu no último episódio da primeira temporada que, como disse anteriormente, assisti ontem. Os últimos 5 minutos do episódio foram mostrados enquanto tocava uma música específica (não lembro de tê-la ouvido nos episódios anteriores, nem nunca na vida). De cara achei a música muito estranha. Cabia totalmente nas imagens que estavam sendo transmitidas e aparentemente criava o clima necessário ao “gran finale” da primeira temporada. Porém a melodia me incomodava muito, tanto que não consegui prestar atenção totalmente nas imagens que mostravam o fechamento daquela parte da história. Era uma melodia, de modo geral, bastante carregada e intensa, cadenciada. Pouco tempo depois de perceber isso tudo acabei associando aquela música a músicas utilizadas em celebrações e rituais do Satanismo (que conheço por estudar o assunto).

Eu já estava a ponto de colocar a TV no “mudo” (dado o incômodo criado pela música claramente satânica) quando percebo a chegada do refrão, ainda mais intenso, e pra minha surpresa, de repente, ouço as palavras ”seven devils” (sete demônios) começando uma frase. Nem estava prestando muita atenção na letra, até porque eu já estava incomodado só com a melodia, mas logo em seguida ouvi o próximo verso: “seven devils in my house” (sete demônios em minha casa). Rapidamente tirei o som da TV e fui procurar saber que música era essa.

Afirmo categoricamente que é uma música satânica. Tanto a melodia quanto a letra. Não há como dizer que foi por acaso, ou que existe outro sentido, outra interpretação nas frases da letra. Ela é explicitamente e claramente satânica. Qualquer pessoa tem uma mínima noção de como ocorre a criação de uma música, de uma letra. Música é arte, é inspiração, é expressão de ideias, emoções e sensações. Diante disso fica muito fácil afirmar que essa música foi criada especificamente para ser satânica, demoníaca, para tentar influenciar negativamente as pessoas. Quem a criou sabia, e muito bem, o que estava fazendo. Muito provavelmente é alguém que tem experiência direta com o Satanismo ou alguma seita diretamente ligada a esta. Posso afirmar sem sombra de dúvidas que é uma música diretamente inspirada e influenciada por demônios (assim como existem muitas músicas “new age” que também são).

Obviamente não vou pedir que você ouça a música, mas veja a letra e saberá do que estou falando:

Letra original:

Seven devils

Holy water cannot help you now

A thousand armies couldn’t keep me out

I don’t want your money

I don’t want your crown

See, I have to burn your kingdom down

Holy water cannot help you now

See, I’ve had to burn your kingdom down

And no rivers and no lakes can put the fire out

I’m gonna raise the stakes

I’m gonna smoke you out

Seven devils all around me

Seven devils in my house

See, they were there when I woke up this morning

I’ll be dead before the day is done

Seven devils all around you

Seven devils in your house

See, I was dead when I woke up this morning

I’ll be dead before the day is done

Before the day is done

And now all your love will be exorcised

And we will find you saying it’s to be paradise

And it’s an even sum

It’s a melody

It’s a battle cry

It’s a symphony

Seven devils all around me

Seven devils in my house

See, they were there when I woke up this morning

I’ll be dead before the day is done

Seven devils all around you

Seven devils in your house

See, I was dead when I woke up this morning

I’ll be dead before the day is done

Before the day is done

Before the day is done

Before the day is done

They can keep me high

‘Till I tear the walls

‘Till I save your heart

And I take your soul

And what have been done

Cannot be undone

In the evil’s heart

In the evil’s soul

Seven devils all around you

Seven devils in your house

See I was dead when I woke up this morning

I’ll be dead before the day is done

Before the day is done

————————————————————————— 

Tradução básica:

Sete demônios

Água benta não pode te ajudar agora

Mil exércitos não puderam me conter

Não quero seu dinheiro

Não quero sua coroa

Veja, eu tenho que queimar o seu reino inteiro

Água benta não pode te ajudar agora

Veja, eu tive que queimar seu reino

E nenhum rio e nenhum lago pode apagar o fogo

Vou levantar as estacas

Vou acabar com você

Sete demônios ao meu redor

Sete demônios na minha casa

Veja, eles estavam lá quando acordei esta manhã

Eu estarei morta antes do dia acabar

Sete demônios ao seu redor

Sete demônios na sua casa

Veja, eu estava morta quando acordei esta manhã

Estarei morta antes do dia acabar

Antes do dia acabar

E agora todo o seu amor será exorcizado

E veremos você dizer que é como estar no paraíso

E é uma quantia exata

É uma melodia

É um choro final

É uma sinfonia

Sete demônios ao meu redor

Sete demônios na minha casa

Veja, eles estavam lá quando acordei esta manhã

Eu estarei morta antes do dia acabar

Sete demônios ao seu redor

Sete demônios na sua casa

Veja, eu estava morta quando acordei esta manhã

Eu estarei morta antes do dia acabar

Antes do dia acabar

Antes do dia acabar

Antes do dia acabar

Eles podem me deixar no alto

Até eu rasgar as paredes

Até eu salvar seu coração

E eu levo sua alma

E o que foi feito

Não pode ser desfeito

No coração do mal

Na alma do mal

Sete demônios ao seu redor

Sete demônios na sua casa

Veja, eu estava morta quando acordei esta manhã

Eu estarei morta antes do dia acabar

Antes do dia acabar

Fonte:
http://letras.mus.br/florence-and-the-machine/1978413/traducao.html

A música “Seven devils” é de uma banda de indie rock chamada Florence and The Machine (ou “Florence + The Machine”). Florence Welch é uma cantora inglesa e sua banda foi formada em 2007. O primeiro álbum da banda foi lançado em 2009 e já estreou no topo das paradas britânicas. A banda ganhou diversos prêmios e vendeu até hoje mais de 6 milhões de discos, segundo informações da Wikipédia.

Não consegui parar pra analisar as outras músicas, mas provavelmente existem outras tão satânicas quanto a “Seven devils”. O visual da cantora é bem característico de pessoas envolvidas com Ocultismo (não estou falando de astros da música pop controlados pela elite, estou falando de uma pessoa que, ao que tudo indica, é envolvida diretamente com o Ocultismo). Veja algumas fotos:

florence_welch_01.jpg

florence_welch_02.jpg

florence_welch_03.jpg

florence_welch_04.jpg

florence_welch_05.jpg

florence_welch_06.jpg

florence_welch_07.jpg

florence_welch_08.jpg

florence_welch_09.jpg

florence_welch_10.jpg

florence_welch_11.jpg

florence_welch_12.jpg

florence_welch_13.jpg

florence_welch_14.jpg

florence_welch_15.jpg

florence_welch_16.jpg

florence_welch_17.jpg

florence_welch_18.jpg

florence_welch_19.jpg

florence_welch_20.jpg

florence_welch_21.gif

Veja  uma tradução básica do que está no site oficial da banda:

Vamos falar sobre magia. Porque a música, no seu melhor, é uma espécie de magia que o levanta e leva-o para outro lugar. “Eu quero que a minha música soe como se jogar de uma árvore ou de um prédio alto, ou como se você estivesse sendo sugado para dentro do oceano sem poder respirar“, diz Florence Welch. “É algo impressionante e abrangente que enche-o, e você vai explodir com ela, ou você só vai desaparecer“.

Florence escreve suas melhores músicas quando está bêbada ou de ressaca, porque é quando a liberdade, a música selvagem vem, criando-se freneticamente a partir dos fragmentos recolhidos em seus cadernos e em sua cabeça. “Você está lúcido“, ela explica, “mas você não está realmente lá. Você está flutuando através de seus próprios pensamentos, e você pode escolher o que você precisa. Eu gosto dessas ligações estranhas no universo. Eu sinto que a vida é como uma viagem de ácido consistente, aqueles momentos em que as coisas voltam“.

Florence em si mesma é uma massa de contradições: ela é dura mas apavorada, um feixe de nervos e paixão, das trevas e de pura alegria. “Eu sinto as coisas muito intensamente, é por isso que a música tem de ser tão intensa. Ou eu estou muito triste ou muito feliz, estou cansada ou completamente maníaca. Isso é quando eu estou no meu momento mais criativo, mas também é perigoso para mim. Eu sinto que eu poderia escrever algumas músicas boas, ou quebrar alguns corações. Ou mesas. Ou óculos.

 

Segundo o site Vigilant Citizen, veja o que Florence Welch disse em uma entrevista à revista norte-americana Nylon:

“Eu queria ser uma bruxa quando eu era criança. Eu estava obcecada com a Bruxaria. Na escola, eu e mais dois amigos tinhamos esses livros de magia, eu sempre quis uma realidade mais mágica. Eu tinha um pequeno santuário em casa e eu fiz um feitiço para tentar fazer um menino da outra classe se apaixonar por mim.

Tome muito cuidado com o que você ouve por aí!

* Autor: Gustavo Guerrear, editor do Tabernaculonet.

* Outras informações: se desejar, veja o artigo abaixo que fala sobre o envolvimento da banda com Ocultismo (está em inglês):
http://vigilantcitizen.com/musicbusiness/the-esoteric-meaning-of-florence-the-machines-shake-it-out-and-no-light-no-light/

Grupo de bruxas mira Tebow, mas intercessores cristãos reagem

Segunda-feira, 16 de Janeiro de 2012

Charisma / Julio Severo - 15/01/2012

tebow_www_tabernaculonet_com_br.jpg
Jogador de futebol americano Tim Tebow

Um coven de bruxas se uniu para lançar um feitiço, na esperança de encerrar a sequência de vitórias miraculosas do jogador Tim Tebow em favor de seu time Denver Broncos.

Lorelei e Lori Bruno, duas bruxas de Massachusetts, realizaram uma sessão espírita ao meio-dia da sexta-feira 13 na Esquina do Esconderijo do Corvo, na cidade de Salem, Massachusetts. A meta delas: garantir que o time New England Patriots derrote Tebow e seu time Denver Broncos.

“Vou levantar a energia do universo e enviar todos os encantamentos”, Lorelei disse para o jornal Boston Herald. “Lori invocará os anjos”.

As bruxas afirmam que não estão fazendo bruxaria contra Tebow, mas confessaram que querem fazer um altar com um boneco de Tom Brady, zagueiro do New England Patriots [para ajudá-lo a vencer Tebow]. Uma bruxa da localidade teria costurado o boneco, que ficará no altar ao lado das bolsas cheias de ervas e pedras para ajudar todos os jogadores do New England Patriots.

bruxos_contra_tebow_www_tabernaculonet_com_br.jpg
Bruxas Lorelei e Lori invocando “espíritos”

“Tom Brady verá o que ele precisa ver, estará onde ele precisa estar e conduzirá o New England Patriots a outra vitória”, Lorelei disse ao Boston Herald.

Entretanto, os cristãos não estão se curvando a essa bruxaria. Kim Daniels, fundadora dos Ministérios Palavra Falada, uma igreja multirracial de periferia de cidade, e vereadora da cidade de Jacksonville, Flórida, está organizando intercessores para orar às 17h e meia-noite, horários que as bruxas chamam de “a hora das bruxas” e que Kim chama de “a hora do Espírito Santo”.

“O governo de Deus está se manifestando e expondo a escuridão. Vamos ter muitos montes Carmelos onde nos defrontaremos com o diabo, e ele não vai ficar com a glória”, disse Kim.

“Exatamente como cremos em Jesus, há pessoas que acreditam no diabo. Essa é uma chamada para a igreja despertar. O mal existe e em qualquer lugar em que a luz, haverá choque com as trevas. No estádio de futebol é hora de Tebow. Mas na esfera espiritual é hora de Jesus. Tebow pertence a Jesus”.

* Fonte:
http://juliosevero.blogspot.com/2012/01/grupo-de-bruxas-mira-tebow-mas.html

* Tradução: Julio Severo.

* Fonte original:
http://charismanews.com/us/32652-witches-coven-targets-tebow-intercessors-answer-back

Artigos sobre o Halloween

Segunda-feira, 31 de Outubro de 2011

Veja vários artigos sobre o Halloween no link abaixo:

http://www.tabernaculonet.com.br/luz.php?facho=m0095

Halloween

Milhares celebram solstício de verão no Stonehenge

Terça-feira, 21 de Junho de 2011

Portal Terra / Associated Press - 20/06/2011

solsticio_verao_2011_01.jpg

Uma multidão se reuniu nesta terça-feira no monumento Stonehenge, no sul da Inglaterra, para celebrar o solstício de verão no hemisfério norte. Mais de 18 mil pessoas, entre curiosos e seguidores de seitas pagãs enfrentaram a chuva para ver o amanhecer. Segundo as autoridades, 20 pessoas foram presas por desordem.

solsticio_verao_2011_02.jpg

A multidão se reuniu antes do sol nascer no monumento Stonehenge, também conhecido como círculo das pedras e cuja origem da construção é incerta.

solsticio_verao_2011_03.jpg

Druída toca seu violão durante as celebrações do solstício de verão em Stonehenge.

solsticio_verao_2011_04.jpg

Líder druída pede por paz durante as celebrações pela chegada do verão no hemisfério norte.

solsticio_verao_2011_05.jpg

O Stonehenge atrai cerca de 850 mil visitantes por ano.

solsticio_verao_2011_06.jpg

Druída confraterniza com visitantes do Stonehenge durante as celebrações.

solsticio_verao_2011_07.jpg

Os druídas acreditam que o Stonehenge foi um centro espiritual há mais de 2 mil anos.

* Fonte:
http://noticias.terra.com.br/mundo/fotos/0,,OI158498-EI294,00.html

* Fotos: Associated Press.

Halloween: o controle e a alienação dos consumidores

Segunda-feira, 25 de Outubro de 2010

Rizzato Nunes - Terra Magazine - 25/10/2010

halloween

Volto a tratar deste assunto pela importância que ele tem não por sua existência no Brasil, mas porque demonstra os modos de controle que o mercado exerce sobre os consumidores em geral e a dificuldade que existe para a tomada de consciência da possibilidade de libertação das amarras tão bem engendradas pelo capitalismo contemporâneo. Pois bem. Vem aí mais um dia das bruxas. Ao que parece, já é parte do calendário comercial e, o pior de tudo, é que muitas escolas aderiram!

Halloween no Brasil? São as “bruxas e bruxos” do marketing, que sempre inventam alguma coisa para faturar e, no caso, uma gorda receita, vendendo bugigangas, doces e mais porcarias para nossas crianças.

É verdade que, algumas escolas, não conseguindo fugir do evento que o mercado impôs, estão começando a fazer atividades didáticas e lúdicas, sem o emporcalhamento de doces e guloseimas oferecidos em grandes quantidades e sem nenhuma função de educação ou saúde. Mas, é pouco, pois, infelizmente, tudo indica que o tal dia das bruxas, famoso nos Estados Unidos, se instalou entre nós, alegre (ou macabro) e impunemente.

Tive oportunidade de mostrar que Ignácio Ramonet, no livro Guerras do Século XXI (Petrópolis:Vozes,2003), diz que o novo sistema de controle dos grandes países poderosos não é mais o de territórios, mas o de mercados. Aliás, são as grandes corporações que controlam as forças internas desses países desenvolvidos pela via do mercado, de modo elas e esses países visam por esse meio (o do mercado) o controle dos mercados (e das sociedades) do mundo inteiro.

Essa forma de domínio, no final do século XX e início do XXI passou a se imiscuir em praticamente todas as atividades humanas. Certos campos, que sempre estiveram mais ou menos imunes em relação a seus métodos, acabaram sendo incorporados e agora fazem parte não só do próprio mercado como passaram a funcionar utilizando o mesmo instrumental. Veja-se, por exemplo, uma área tradicionalmente imune como a do esporte.

Atualmente, nessa área tanto na profissional como na chamada “amadora” utiliza-se o mesmo modo de produção em massa e homogeneizado, com as mesmas táticas de marketing e publicidade, os mesmo processos financeiros etc. Os jogadores de futebol, atualmente, são produzidos em série nas escolas de futebol; esses jogadores tem preço cotado no mercado futebolístico com lances típicos de mercado financeiro desde a mais tenra idade etc.

O esporte amador foi incorporado pelas grandes empresas. Nas camisas dos jogadores de vôlei é possível ver estampada a marca de produtos. É o jogo do Banco BB contra a Fabrica de produtos alimentícios N. Nas arquibancadas, o público previamente preparado com camisetas coloridas da cor do banco e da indústria pula e torce. Serão eles torcedores, consumidores ou operários?.

Por que digo tudo isso? Para que possamos entender ao menos um pouco, nesse pequeno espaço, a questão do Halloween no Brasil.

O que, afinal de contas, as crianças brasileiras têm a ver com essa festa pagã? Nada. Trata-se de uma importação sem qualquer fundamento ou justificativa local. É apenas algo que o mercado deseja. Para se ter uma idéia do que está em jogo, nos Estados Unidos, a festa do terror, das bruxas e dos fantasmas já se tornou o segundo maior momento de faturamento do mercado, perdendo apenas para o Natal.

Lembro que há três anos, no fim de outubro, estava na casa de amigos, quando bateram à porta crianças fantasiadas de bruxas, caveiras, duendes e o que o valha. A porta foi aberta e eles disseram: “travessuras ou gostosuras”. E lá foi meu amigo entregar saquinhos que tinha previamente preparado com doces, balas e chocolates. E depois daquelas crianças vieram muitas outras. Uma grande bobagem.

Se ainda existisse algum significado simbólico ou ritualístico na festa, vá lá. Mas, nem as crianças-vítimas ou seus pais sabem do que se trata. É apenas um momento de gasto inútil de dinheiro em fantasias, doces e gorduras, contribuindo para cáries e a obesidade infantil. Afora o fato de que, as crianças saem sozinhas batendo na casa de desconhecidos e podem ingerir doces de origem duvidosa. (Torço para que nenhuma criança entenda o significado do que fala e, quando não ganhar doces não resolva cumprir a promessa de fazer, de fato, travessuras na casa de desconhecidos, pois o resultado pode ser catastrófico).

Cada vez mais a cultura (e a sociedade brasileira) vai cedendo espaço àquilo que não nos pertence. Aos poucos e continuamente, vamos preenchendo nossos espaços com tradições de outros povos e que, nesse caso, sequer é algo relevante, pois se trata de uma evidente imposição do mercado que, como já disse, só pensa em faturar, nem que para isso deva inventar arranjos obscuros como esses. É o domínio dos grandes conglomerados e poderosos países capitalistas, como mostrou Ignácio Ramonet. Como é que isso acontece?

O processo é lento, mas constante. Aqueles que atuam no mercado são espertos o suficiente para entender um pouco a alma do consumidor e acabam descobrindo a necessidade de preencher os espaços existentes no lar, no convívio doméstico, na relação entre pais e filhos. Daí, na presente hipótese, oferecem, com essa estranha “comemoração” de horror, mais uma boa desculpa de ocupação desse tempo, que fica, como quase sempre intermediado pelo dinheiro gasto.

É. Parece inexorável. Nós consumidores brasileiros, catequizados, como macacos imitadores, não conseguimos sair dessa condição. É o consumismo enlatado e alienante, esteja ou não de acordo com nossas tradições e nossas leis.

* Fonte:
http://terramagazine.terra.com.br/interna/0,,OI4752319-EI11353,00.html

* Nota: Rizzatto Nunes é mestre e doutor em Filosofia do Direito e livre-docente em Direito do Consumidor pela PUC/SP. É desembargador do Tribunal de Justiça de São Paulo. Autor de diversos livros, lançou recentemente “Superdicas para comprar bem e defender seus direitos de consumidor” (Editora Saraiva) e o romance “O abismo” (Editora da Praça).

Áustria contrata druidas para reduzir número de acidentes em estradas

Sábado, 22 de Maio de 2010

O Globo - 20/05/2010

Druida

Inicialmente, a medida foi mantida em sigilo. Por razões óbvias. Mas os bons resultados fizeram com que autoridades da Áustria revelassem a inusitada estratégia para reduzir o número de acidentes em estradas no país. Para atingir esse objetivo, o governo contratou druidas - sacerdotes celtas - para que eles construíssem uma série de monumentos Stonehenge a fim de drenar a energia negativa nos pontos mais problemáticos das rodovias.

Druida

“No começo estávamos meio céticos, e não queríamos que as pessoas ficassem sabendo. Então mantivemos a medida em sigilo”, disse Harald Dirnbacher, engenheiro-chefe do órgão que cuida das estradas austríacas, ao “Croatian Times”. Mas, segundo o governo, a melhora foi tão impressionante que as autoridades do país europeu resolveram ampliar o programa com os druidas.

Os sacerdotes celtas só temem perder a luta para as torres de telefonia celular, que, de acordo com os místicos, espalhariam radiação negativa de uma forma difícil de combater.

* Fonte:
http://oglobo.globo.com/blogs/moreira/posts/2010/05/20/austria-contrata-druidas-para-reduzir-numero-de-acidentes-em-estradas-293248.asp

Bruxo faz trabalho para Cristiano Ronaldo deixar o futebol

Domingo, 18 de Outubro de 2009

Portal Terra / Agência EFE - 18/10/2009

C. Ronaldo

O bruxo Pepe, de nacionalidade espanhola, garante que dentro de quatro meses, no máximo, o atacante português Cristiano Ronaldo, do Real Madrid, “voltará para seu país e nunca mais jogará futebol”, segundo uma entrevista publicada hoje pelo jornal português Correio da Manhã.

Pepe disse que, depois da recente lesão que sofreu, Cristiano Ronaldo terá uma nova contusão e vai ter que parar por dois ou três meses. “Depois, virá a lesão final”, acrescentou o bruxo.

O bruxo revelou que amaldiçoou o jogador a pedido de uma mulher de uma poderosa família. Ela teria levado um fora do atacante português depois de ter um caso com ele e abrir-lhe as portas da alta sociedade.

Pepe disse que a “vingança” não tem mais volta. “Ela já me ligou três vezes. Na última, disse que está satisfeita com meu trabalho”, acrescentou.

De acordo com o bruxo, a mulher que o contratou “não fala espanhol, não é portuguesa e tem menos de 30 anos”. O espanhol admitiu que, se seu trabalho der errado, isso seria fatal para sua credibilidade.

Pepe também confessou saber que a mãe de Cristiano Ronaldo contratou o bruxo português Fernando Nogueira, que usa magia branca. “Minha magia é a negra, e isto acelerará o processo. Esta é uma combinação explosiva e (Cristiano) Ronaldo é quem vai sofrer as consequências”, afirmou.

* Fonte:
http://esportes.terra.com.br/futebol/europeu/2009/noticias/0,,OI4048485-EI14095,00.html

Madri apela para ‘forças ocultas’ para ser eleita cidade olímpica

Quarta-feira, 30 de Setembro de 2009

BBC Brasil - 29/09/2009

A cerimônia contará com 40 representantes de grupos esotéricos internacionais, entre gurus indianos, druidas celtas, lamas tibetanos, pajés mexicanos e africanos, quiromantes, cartomantes e astrólogos.

Todos vão se reunir para “concentrar energias e convocar o mundo espiritual para que Madri seja eleita a cidade-sede dos Jogos Olímpicos de 2016″, afirmou a sacerdotisa xamã espanhola Martha Elena na apresentação do evento à imprensa.

O ritual acontecerá na abertura da 5ª Feira Internacional Esotérica de Madri, que nesta edição terá um espaço dedicado à candidatura olímpica.

Ritual

A cerimônia da chama sagrada, marcada para a véspera da eleição do COI, em Copenhague, Dinamarca, será guiada pelos líderes dos grupos esotéricos em um ritual “xamanista”.

Com roupas que representarão as cinco cores do movimento olímpico (azul, amarelo, vermelho, verde e preto) os participantes pretendem fazer orações, rituais de purificação com ervas, pedras e outros amuletos e convocar as forças astrais.

Segundo os organizadores, a conjunção das cores olímpicas ajudará a evocar os elementos da natureza para que se unam em um mesmo objetivo.

O evento será aberto ao público em pleno centro da cidade (na estação de trem de Atocha, a principal de Madri) e os participantes receberão passes de limpeza energética e um amuleto esotérico.

Fora do ritual, o comitê da candidatura de Madri - formado pelo rei Juan Carlos, o primeiro-ministro José Luis Rodríguez Zapatero e o ex- presidente do COI Juan Antonio Samaranch – estará em Copenhague para acompanhar o anúncio da cidade-sede.

Além deles, participaram do evento representando a candidatura espanhola o capitão do time de futebol Real Madrid, Raúl, e o tenista Rafael Nadal.

* Fonte:
http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2009/09/090929_madriolimpiada_ai.shtml