Arquivo da Categoria ‘Misterios’

O curioso caso do rapaz do Acre que desapareceu

Quinta-feira, 6 de Abril de 2017

Por Gustavo Guerrear, editor do Tabernaculonet - 06/04/2017

Giordano Bruno

Gostaria de dar minha opinião sobre o caso do rapaz do Acre que desapareceu “misteriosamente”, deixando em seu quarto vários escritos criptografados, símbolos e objetos ligados a sociedades secretas, e uma estátua de Giordano Bruno. Ainda é cedo para tirarmos qualquer conclusão, mas antes de emitir minha opinião estudei o caso verificando as matérias e vídeos que foram publicados até o momento pela grande mídia. Infelizmente vejo que muita gente tem se deixado levar pela empolgação e tirado conclusões absurdas sobre o caso.

Resumo de minhas opiniões até o momento:

- A princípio não vi nada de sobrenatural neste caso. Em entrevista a mãe do rapaz disse que ele começou esse “projeto de livro” em 2013. Isso dá 4 anos até 2017. É tempo mais que suficiente para qualquer pessoa (que não esteja em sã consciência ou tenha tempo demais sobrando, ou ambos) estude e depois escreva páginas e mais páginas sobre qualquer assunto. A suposta criptografia nada mais era do que um sistema simples de substituição de caracteres, sendo que o autor deixou um guia para que a tradução fosse feita. O alfabeto nem sequer foi inventado por ele, mas já foi visto sendo usado por aí, inclusive na Maçonaria. A estátua de Giordano Bruno que apareceu no quarto não veio “do nada”. O escultor responsável já foi entrevistado, disse que foi contratado para fazer a estátua por 7 mil reais e que o transporte foi feito até a casa do rapaz com uma caminhonete usada pelo mesmo.

- Sinceramente não vejo porque o rapaz deva ser considerado “gênio” ou algo do tipo. Sobre a temática encontrada em seus escritos, pra quem estuda religiões, seitas e sociedades secretas há quase duas décadas, não existe nada de novo ali. O Movimento Nova Era, por exemplo, desde a década de 1960 faz exatamente isso: mistura diversos conceitos de religiões diferentes - orientais e ocidentais - de culturas e povos antigos, para dizer que encontraram “a verdade”. Sinceramente só vi um rapaz com muito tempo livre que ficou “encantado” com o vasto material sobre sociedades secretas que deve ter encontrado na Internet, e começou a se achar “o portador da verdade universal”. Desculpe, mas pra quem acompanha notícias sobre esse tipo de tema há muito tempo, ele é só mais um de diversos casos do tipo.

- Quanto aos ensinos de Giordano Bruno, francamente, dá pena ver pessoas por aí elogiando o cara sem ter a menor noção do que ele escreveu. Ele foi padre católico, abandonou, depois chegou a ser protestante, desistiu, depois fez parte de “organizações herméticas” (referência a Hermes, da mitologia grega) - isto é, sociedades secretas -  envolveu-se com ensinos da religião do Egito Antigo, enfim… Experimentou muitas coisas. Isso significa um cara visionário ou um cara com a mente fraca que muda de crença igual troca de roupa? Tire suas próprias conclusões. Depois, ele começou a pegar os ensinos que achava corretos em cada religião que conheceu, misturou tudo e montou “sua própria versão” (uma prática que sempre existiu na história da humanidade).

- Na minha opinião, obviamente o suposto “desaparecimento” do rapaz não tem nenhuma explicação extraordinária. Ele realmente acha que “descobriu o segredo do mundo” e planejou esse monte de absurdo pra chamar atenção. As notícias foram bem claras em dizer que, segundo a polícia, ele levou celular, um HD de computador e peças de roupa. Além disso seus pais falaram abertamente sobre seu projeto de escrever um livro, que ele estaria justamente finalizando. A essas horas, para desespero da triste família, ele deve estar comemorando o êxito de sua trama, visto que seu “desaparecimento misterioso” está sendo noticiado inclusive mundo afora.

- Com qual sociedade secreta ele pode ter se envolvido? É difícil saber, pois existem diversas sociedades secretas herméticas que usam os símbolos e conceitos que ele usou. Se fosse escolher uma, baseado no que vi, eu citaria um leve envolvimento com a Rosacruz (direto ou indireto), mas é impossível saber. Pode ser que ele tenha simplesmente aprendido por conta própria, através de livros e materiais na Internet. Alguns símbolos do quarto fazem referência ao Reiki (culto à “energia vital” conhecida como “chi” - no fim das contas só mais uma das várias religiões ou seitas baseadas em religiões orientais).

No fim das contas, espero que ele seja encontrado, pelo bem da família desesperada, e aprenda a ter consciência das consequências dos seus atos.

Quanto a mim, sinceramente tenho mais com o que me preocupar.

Fique com Deus!

PS.: Se você estiver “deslumbrado” com os ensinos e conceitos de sociedades secretas, religião egípcia e outras besteiras do tipo, e intrigado com os segredos por trás dessas organizações, recomendo que leia meu artigo abaixo, onde exponho o que há por trás disso tudo: 

A essência dos grupos sócio-religiosos e a história da humanidade

Gustavo Guerrear, editor do Tabernaculonet

Fantástico: Aeronáutica libera gravações de diálogos da ‘noite oficial dos óvnis’

Segunda-feira, 23 de Maio de 2016

Por Globo.com / Rede Globo / Fantástico / BURN

docs_aeronautica_globo_fantastico.PNG
[Reprodução - Rede Globo / Fantástico]

Trinta anos depois, o Fantástico teve acesso às gravações de áudio do episódio que ficou conhecido como “A noite oficial dos óvnis”. Em maio de 1986, o ministro da Aeronáutica convocou uma coletiva para anunciar que a FAB perseguiu sem sucesso 21 óvnis sobre a região de São José dos Campos (SP).

As gravações, que ficaram sob sigilo na Aeronáutica todos esses anos, mostram os diálogos entre a torre de São José dos Campos, as torres de São Paulo e de Brasília e a Defesa Aérea. O relatório oficial da Aeronáutica concluiu que os objetos eram reais e tinham um “comportamento inteligente”. A reportagem do Fantástico encontrou participantes desses diálogos; veja abaixo.

OUÇA AS GRAVAÇÕES DOS DIÁLOGOS DA NOITE DOS ÓVNIS QUE FICARAM SOB SIGILO DA AERONÁUTICA NO SITE DO ARQUIVO NACIONAL

VEJA COMO ENTRAR EM CONTATO COM A BURN - REDE BRASILEIRA DE PESQUISAS UFOLÓGICAS

* Fonte original / Vídeo original:
http://g1.globo.com/fantastico/noticia/2016/05/aeronautica-libera-gravacoes-de-dialogos-da-noite-oficial-dos-ovnis.html

* Uma matéria com texto mais completo, da própria Globo:
http://g1.globo.com/sp/vale-do-paraiba-regiao/noticia/2016/05/noite-dos-ovnis-caso-completa-30-anos-sem-ter-misterio-desvendado.html 

* Vídeo alternativo (gravação do mesmo vídeo, disponibilizado no Youtube):

* Comentário: Este caso é bastante intrigante. Os relatos, os áudios e os registros de equipamentos (radares) parecem bastante convincentes. Eu tenho minhas opiniões sobre o tema, mas prefiro que você veja a matéria e tire suas próprias conclusões. E não esqueça de deixar seu comentário abaixo!

Cidades próximas a Porto Alegre relatam estrondo e tremor

Domingo, 10 de Agosto de 2014

Band - 07/08/2014

vidro_quebrado_esteio_rs.jpg

O registro de um estrondo acompanhado de tremor nas cidades de Esteio e Sapucaia do Sul, na região metropolitana de Porto Alegre, provocou agitação nas redes sociais na madrugada desta quinta-feira. O Corpo de Bombeiros de Esteio, que estava responsável pelas duas cidades na ocasião, informou ter recebido ligações, mas como não havia uma localização ou emergência concretas, ficou inviabilizado de atender qualquer ocorrência relacionada ao caso.

Em sua rede social, o morador do bairro Novo Esteio, Matheus Felipe Ferreira, de 24 anos, disse que vidros da sua residência chegaram a quebrar. Um dos temores relatados na internet era de que fosse alguma explosão na refinaria da Petrobras, em Canoas, mas funcionários da empresa afirmaram que nada foi registrado.

O Comando da Aeronáutica da cidade também foi contatado, mas informações quanto à possibilidade de um avião ter rompido a barreira do som não poderiam ser repassadas sem autorização prévia. Recentemente, tremores foram registrados na cidade de Gramado, na Serra Gaúcha. Segundo especialistas da Universidade de Brasília e São Paulo, teriam ocorrido devido a abalos sísmicos na Cordilheira dos Andes.

* Fonte:
http://noticias.band.uol.com.br/cidades/rs/noticia/100000700146/Moradores-de-Esteio-relatam-estrondo-acompanhado-tremor.html 

* Outras fontes:
http://zh.clicrbs.com.br/rs/noticias/noticia/2014/08/defesa-civil-investiga-estrondo-relatado-por-moradores-de-esteio-4569878.html

http://noticias.terra.com.br/brasil/cidades/moradores-relatam-barulho-de-explosao-em-cidades-do-rs,8ebf6065001b7410VgnVCM20000099cceb0aRCRD.html 

Alinhamento entre Terra, Sol e Marte antecipa ‘fim do mundo’

Terça-feira, 8 de Abril de 2014

Terra - 08/04/2014

nasa_luas_de_sangue_moon_blood_worlds_ending.jpg
[Foto: NASA]

Marte, Terra e Sol vão se alinhar no Espaço na noite desta terça-feira, um evento conhecido também como “oposição de Marte” que só acontece uma vez a cada 778 dias. Porém, o que faz o acontecimento cósmico marcante é ele antecede as “luas de sangue”, um fenômeno que poderá ser visto da terra na próxima semana e que é interpretado por muitos como um sinal bíblico do fim dos tempos.

De acordo com a Nasa, a rara sequência de quatro eclipses lunares (as ”luas de sangue”) é conhecida como tétrade, e será seguida por seis luas cheias. O ciclo começa na semana que vem, no dia 15 de abril, e terminará apenas em 28 de setembro deste ano. 

Ainda segundo a Nasa, as quatro luas de sangue só foram vistas por três vezes em mais de 500 anos: a primeira vez na Idade Média, em 1493, quando os judeus foram expulsos pela Inquisição Católica na Espanha; a segunda, em 1949, quando o Estado de Israel foi estabelecido na Palestina, e a terceira em 1967, durante a Guerra dos Seis Dias entre Árabes e Israelenses.

Para alguns fiéis, as luas de sangue significam mais que um evento cósmico raro: são um presságio para o “fim do mundo” e o retorno de Cristo à Terra para o Juízo Final. Na passagem bíblica do Livro de Joel, no Antigo Testamento, diz: “O sol se converterá em trevas, e a lua em sangue, antes que venha o grande e terrível dia do Senhor” (Joel, 2:31).

* Fonte:
http://noticias.terra.com.br/ciencia/espaco/alinhamento-entre-terra-sol-e-marte-antecipa-fim-do-mundo,ffcf3bcfb0145410VgnVCM3000009af154d0RCRD.html 

* Comentário: A Bíblia fala sobre muitos sinais nos céus e eventos astronômicos ligados a grandes eventos na Terra. Segundo informações dos livros do Missionário Daniel Mastral (e outros sobre o assunto) a Alta Cúpula do Satanismo, conhecida como A Irmandade, também dá muita importância a eventos astronômicos (e à Astrologia) e os liga a eventos importantes aqui na Terra (obviamente não estou comparando as informações da Bíblia - perfeita - com as informações do Satanismo, só estou citando alguns fatos). Porém temos que tomar cuidado pra não nos envolvermos com a Astrologia, que é Esoterismo e Ocultismo. Publiquei a matéria porque precisamos acompanhar notícias do tipo, não porque acredito nessas previsões.

Um OVNI teria atingido o meteoro que caiu na Rússia?

Quinta-feira, 21 de Fevereiro de 2013

Youtube - 17/02/2013

Surgiram vídeos no Youtube levantando diversas perguntas sobre o meteoro que caiu na Rússia. Dois deles mostram um suposto objeto voador não identificado (OVNI) atingindo o meteoro, ainda no ar. Realmente parece que há o choque entre um objeto e o meteoro, causando até uma explosão. Podemos reparar também que existem alguns pontos escuros no vídeo que são sujeiras no vidro do carro (já que o vídeo foi filmado por uma câmera de dentro do carro), porém não me parece que o ponto que atinge o meteoro seja uma dessas sujeiras, até porque as sujeiras aparecem como pontos pretos e o OVNI aparece como um ponto claro. De qualquer modo é difícil chegar a uma conclusão nestes casos.

Veja os vídeos abaixo e deixe seus comentários!

Vídeo 1:

Vídeo 2:

Vìdeo original:

* Fontes:
http://www.youtube.com/watch?v=XkT0_fM5NjM

http://www.youtube.com/watch?v=s4sGaV9UzCo

* Link do vídeo original:
http://www.youtube.com/watch?v=QsKOcj7FB5w

* Autor do texto: Gustavo Guerrear, editor do Tabernaculonet.

* Observação: Usei o termo OVNI (objeto voador não identificado) de modo geral. Caso o fato seja verdadeiro existem diversas possibilidades, nem sempre envolvendo supostos extra-terrestres ou algo do tipo. Pode ser ocaso de algum tipo de arma militar, por exemplo.

Físico comenta passagem de suposto meteoro por cidades do RJ

Quinta-feira, 21 de Fevereiro de 2013

G1 - 20/02/2013

meteoro_rj_20_02_2013_g1.jpg Após relatos de moradores de várias cidades do interior do Rio, o Clube da Astronomia de Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense, comentou a passagem de um meteoro pelo céu da cidade na manhã desta quarta-feira (20). Segundo o professor e físico Marcelo de Oliveira, do Clube da Astronomia de Campos, as chances de fragmentos do suposto meteoro terem caído em Campos seriam grandes. O fenômeno também foi visto no estado do Espírito Santo.

“Nós temos registros de 11h e 11h40, mas como o sol estava muito forte as imagens não são boas. Ainda estou checando para saber o que temos, mas o certo é que é, sim, um rastro que pode ser de um meteoro no céu da nossa cidade. Ele ficou visível por alguns segundos”, disse o professor.

Ainda segundo Marcelo de Oliveira, um grupo de pesquisadores internacionais, do qual ele é integrante, já havia feito um alerta sobre a possibilidade de rastros no céu após a queda de um meteorito na Rússia. Segundo ele, o mesmo grupo registrou imagens de objetos nos céus de outros países. Agora, o objetivo é identificar e localizar o meteoro.

“Nós ainda não sabemos se foi o mesmo meteoro que passou no Espírito Santo e na Região dos Lagos. Vamos começar a investigar e ouvir relatos de pessoas para identificar o local exato. Isso é algo muito raro de acontecer, sabemos que alguma coisa de incomum está acontecendo mas ainda não sabemos o que é˜, disse o astrônomo.

Por causa do alarde do fenômeno visto hoje, o Clube de Astronomia divulgou as imagens da passagem de um outro meteoro, registrado pelos equipamentos do clube, no último dia 15 de fevereiro. As imagens do meteoro desta quarta-feira (20) ainda estão sob análise.

INPE explica que fenômeno é comum

O especialista José Williams dos Santos Vilas Boas, pesquisador da Divisão de Astrofísica do INPE explicou, por email, o porquê da ocorrência desses fenômenos. Segundo ele, todos os dias milhares de meteoros podem ser vistos caindo no planeta, mas a maioria não pode ser vista a olho nu devido ao pouco brilho que produzem.

Ao longo do ano, a Terra passa por várias regiões no Sistema Solar, que podem concentrar grandes quantidades de partículas, conhecidas como ‘meteoroides’. Durantes essas passagens, podem ocorrer chuvas de meteoros, vistas em alguns lugares do planeta. De acordo com Vilas Boas, no momento a Terra está cruzando duas regiões que podem gerar mais meteoros do que o normal e mais brilhantes.

Ele explica que essas regiões se chamam alfa-Centauride e gama-Normides. A primeira fica ativa entre 28 janeiro a 21 de fevereiro, gerando meteoros bastante brilhantes. A segunda região está ativa entre 25 fevereiro a 22 de março e produz meteoros de brilho fraco.

De acordo com o especialista, os rastros vistos nos últimos dias podem estar associados com a chuva de meteoros da região alfa-Centauride, que é vista preferencialmente do hemisfério Sul.

Ele lembra que os meteoros têm tempo de vida muito curto, podendo durar até alguns segundos nos casos de meteoros muito brilhantes ou envolvendo meteoroides de massas grandes, na escala de dezenas ou centenas de quilos.

* Fonte / Vídeo:
http://g1.globo.com/rj/serra-lagos-norte/noticia/2013/02/astronomo-confirma-passagem-de-meteoro-por-cidades-do-interior-do-rj.html

* Outra reportagem / Vídeo:
http://rederecord.r7.com/video/meteoro-surpreende-populacao-da-regiao-dos-lagos-no-rio-de-janeiro-51256d316b716ade21f95982/

Cientista: vivemos o mundo da espetacularização

Quinta-feira, 13 de Dezembro de 2012

Portal Terra - 13/12/2012

cometa_ceu_noite_eso_divulgacao_terra_www_tabernaculonet_com_br.jpg

Precisamos de mais educação e informação científica - só assim ideias como a do fim do mundo não ganharão força. Essa é a opinião de Ulisses Capozzoli, doutor em história da ciência pela Universidade de São Paulo (USP) e editor-chefe da revista Scientific American Brasil. Para aqueles que acreditam no ocaso da humanidade no próximo dia 21, Capozzoli já “prevê” o futuro: “No dia 22, as pessoas deveriam morrer de vergonha de acreditar em uma coisa tão tola como o fim do mundo”.

Para o jornalista, os motivos para teorias apocalípticas ainda terem tanta força nos dias de hoje - afinal, 12% dos americanos acreditam neste “fim do mundo” - são muito complexos. Uma das causas são as crises atuais - como a econômica e a climática. Combinado a isso, temos as rápidas mudanças tecnológicas que ocorrem todos os dias.

“Eu acho que a gente está vivendo essa época de mudanças muito rápidas do ponto de vista tecnológico. Qualquer uma dessas geringonças que você vê compra aí de smartphone, dura um mês, dois meses. Tem outra versão, tem isso, tem aquilo. Não dá tempo de as pessoas aceitarem. (…) Se a gente der uma olhadinha, analisar, a gente vai ver que existe uma crise mais ou menos generalizada. As coisas que eram de uma maneira funcionavam de uma determinada maneira, não funcionam mais. Isso produz uma crise de identidade nas pessoas. Nesse caso, (ocorre) o retorno de, digamos, desses conceitos mágicos”.

Para o editor-chefe da Scientific American Brasil, o apego a teorias apocalípticas é uma forma de “colocar ordem nas coisas”. “Essa complexidade do mundo, e essa mudança, essa transformação, que a gente passa nessa época, traz às pessoas certa angústia emocional”. A teoria apocalíptica, para muitas pessoas, apareceria como uma solução mágica, quase bíblica, para os problemas do mundo. Para elas, depois do “fim”, viria uma “época de ouro”.

“Isso acontece em escala pessoal e em escala social. Países inteiros tiveram experiências dramáticas. Se você pegar o nazismo na Alemanha, você vai ver como é que a loucura se expressou. Em termos de cultura de massa, essa cultura de massa em que a gente vive neste momento, essas soluções fáceis ‘resolvem’ o problema. E elas se propagam, as pessoas querem acreditar que seja assim”.

Contribui para isso a falta de conhecimento, de esclarecimento científico. E Capozzoli não poupa em críticas as universidades (que não conseguiriam da formação científica para as pessoas), nem a mídia. “O noticiário que sai nos jornais, sai com muitos problemas. Outro dia, por exemplo, a moça do tempo disse que a maior proximidade da Terra em relação ao Sol, por causa da órbita elíptica, é o que causa a estação do ano. É uma coisa que a gente aprendeu na escola”.

O jornalista diz que estamos saturados de ciência de tecnologia, mas essas coisas não fazem sentido para muita gente. Ele cita uma teoria espalhada pela internet de que o planeta Marte estaria se aproximando da Terra e chegaria a um ponto de ficar do tamanho da Lua Cheia. “Isso é uma evidência muito clara de que as pessoas não têm a mínima, mas não têm a mínima ideia de como as coisas funcionam. Qual força que vai deslocar Marte da órbita dele para chegar próximo da Terra? Se você tivesse uma coisa dessas, você tumultua o Sistema Solar inteiro. Não tem pé, não tem cabeça, não tem a mínima possibilidade”.

“A gente vive um mundo da espetacularização, da superficialidade total das coisas. Você abre o jornal e está escrito lá que a fulaninha está com o namorado na praia. Gente sem nenhuma importância. Ou a coisa dos ‘famosos’. Cara, ninguém está interessado nos famosos. Você quer uma informação que tem certa relevância social. Que te explique um pouco porque a terra treme. Porque o céu é azul. Isso te insere na natureza. Isso diz respeito à sua vida, onde você está, o que você está fazendo. Se você fizer uma enquete na rua, você vai descobrir que as pessoas não têm a mínima ideia. As pessoas não sabem que o Sol é uma estrela! É um analfabetismo científico. Uma crueldade enorme. É uma impotência da ciência em se aproximar das pessoas”.

Retorno à Idade Média

Para Capozzoli, um fenômeno como o de 2012 traz como perigo o retorno a um pensamento místico por parte da população, algo que ocorria muito na Idade Média, antes de Isaac Newton explicar o movimento dos corpos celestes.

“Antes disso, toda vez que aparecia um cometa no céu, os padres badalavam os sinos da igreja e anunciavam o fim do mundo. Eles fizeram isso inúmeras vezes. O que acontecia: as pessoas, especialmente as pessoas mais ricas, iam lá e faziam doações. E os padres aceitavam, apesar de o mundo estar perto de acabar. É um terrorismo barato. (…) O que está acontecendo agora é um retorno desse pensamento mágico”.

A era da internet

A internet é uma ferramenta com muito potencial. Mas a maior parte do que encontramos na rede em nada contribui para a formação do pensamento crítico das pessoas. O editor-chefe chama boa parte do conteúdo da web de “tolices, as mais imbecis”, coisas que se escreve nas paredes de banheiro público. “Mas não quer dizer que a internet seja só lixo. O problema não é a internet em si, mas o uso que a gente faz dela. Você encontra conteúdos interessantes”.

“A busca de informação mais relevante depende do nível daquele que está precisando. Como todo mundo tem acesso, você vê, nessas coisas do dia a dia, nos comentários: primeiro os caras não sabem escrever. E as opiniões são quase sempre rasas, as mais simplórias”.

Esoterismo e realidade

Para o jornalista, o esclarecimento científico acaba com o esoterismo e outras ideias míticas. Capozzoli afirma que a natureza é espetacular o suficiente para que não precisemos de coisas mágicas. “Não preciso de um esoterismo. A realidade é maior que qualquer esoterismo que eu possa criar”.

“No fundo, a ciência que está aí e que explica coisas fascinantes não está ao alcance mínimo das pessoas, e elas são mantidas em uma ignorância. Ou as pessoas, para ter algum amparo, algum sentido na vida, elas correm para a igreja, ou elas ficam desamparadas. A gente nem pode censurar, ninguém pode criticar alguém por ter uma religião. É um direito natural dela. Agora, quando é exploração (…) você tem uma grande carência, as pessoas acreditam em qualquer tolice, qualquer coisa que seja fácil de imaginar”.

Depois dos maias

Para quem ainda acredita no fim do mundo supostamente previsto pelos maias, Ulisses Capozzoli dá um recado: “No dia 22, todas as pessoas que acreditaram nessa tolice deveriam fazer uma reflexão com elas mesmas: ‘como eu pude acreditar numa ideia tão besta?’ E em todas as manhãs que vierem, que elas olhem a beleza do céu. Olhem o Sol nascendo. Que compreendam minimante o funcionamento e a manifestação da natureza para que elas não fiquem presas ao obscurantismo da Idade Média”.

* Fonte:
http://noticias.terra.com.br/ciencia/fim-do-mundo/noticias/0,,OI6375972-EI21082,00-A+dias+do+fim+do+mundo+vivemos+o+mundo+da+espetacularizacao.html

* Comentário: Estou publicando matérias e notícias de todos os tipos sobre o suposto “fim do mundo” para que você, leitor, com todas estas informações tire suas próprias conclusões.

Para acalmar população, Rússia dá declaração sobre o fim do mundo

Segunda-feira, 3 de Dezembro de 2012

Portal Terra - 03/12/2012

O governo da Rússia decidiu “avisar” os cidadãos que o mundo não vai acabar no dia 21 de dezembro, como muitos acreditam. O Ministro de Situações de Emergência está alerta ao pânico crescente entre muitas pessoas que acham que a data é verdadeira. De acordo com os antigos Maias, um ciclo de 5.125 anos será fechado na data marcada no calendário Maia.

Segundo o jornal britânico Daily Mail, algumas pessoas estão acumulando a cada dia mantimentos como açúcar, fósforos e velas para garantir a sobreviência. Prisioneiros até relataram que experimentaram uma “psicose coletiva” nas celas. Um arco enorme no estilo Maia está sendo construído com gelo no sul da Rússia, em Chelyabinsk. Atitudes como estas alarmaram o governo, que tomou a decisão de emitir uma declaração afirmando que o fim do mundo não está próximo.

O ministro afirmou ter acesso a “métodos de monitoramento do que está acontecendo na Terra”, e poderia dizer com confiança de que tudo ficará bem. No entanto, russos também foram avisados de que ainda podem enfrentar ameaças de “nevascas, tempestades de gelo, colapsos na temperatura, na eletricidade e no fornecimento de água.” Um oficial da Igreja Russa também falou à população para acalmar os mais assustados.

Segundo o jornal americano The NY Times, a Rússia não é o único país a enfrentar problemas como este. Autoridades da França planejam barrar o acesso à montanha Bugarach, na região sul, para manter distante visitantes que acreditam que o local seja sagrado e que vá oferecer proteção do fim do mundo a “alguns sortudos”. O patriarca da Igreja Ortodoxa da Ucrânia recentemente anunciou que o dia do juízo final está prestes a chegar, mas que será provocado pelo declínio moral da raça humana, e não pelo fim do planeta ou do calendário Maia.

No estado de Yucatán, no México, onde existe uma grande população de maias, oficiais planejam um festival cultural no dia 21 de dezembro para mostrar que tudo ficará bem após esse dia. Os russos, no entanto, podem ser movidos pela emoção facilmente. Foi o que o reverendo Tikhon Irshenko presenciou durante uma visita em uma prisão no país, onde os diretor do local lhe contou que a ansiedade em torno da profecia maia estava crescendo há dois meses, causando confusão no local por “pensamentos perturbadores” por conta dos presos.

* Fonte:
http://noticias.terra.com.br/ciencia/fim-do-mundo/noticias/0,,OI6350045-EI21082,00-Para+acalmar+populacao+Russia+da+declaracao+sobre+o+fim+do+mundo.html

* Comentário: Estou publicando matérias e notícias de todos os tipos sobre o suposto “fim do mundo” para que você, leitor, com todas estas informações tire suas próprias conclusões.

Sinais aparecem novamente em lavouras em Ipuaçu-SC

Sexta-feira, 19 de Outubro de 2012

Portal Terra - 18/10/2012

sinais_ipuacu_sc_2012_01_www_tabernaculonet_com_br.jpg

sinais_ipuacu_sc_2012_02_www_tabernaculonet_com_br.jpg
[Fotos: Ivo Hugo Dohl / Divulgação]

Pelo quinto ano consecutivo, gigantescos agroglifos surgiram em lavouras de Ipuaçu, cidade localizada a cerca de 580 km ao oeste de Florianópolis, e vêm intrigando pesquisadores e comunidade local. Este ano, os sinais foram descobertos no final da manhã do último sábado em uma plantação de trigo localizada a menos de 500 m do centro da cidade. O pesquisador Ivo Hugo Dohl, que acompanha o fenômeno desde 2008, acredita que as marcas sejam “mensagens” que outros seres deixariam para o planeta Terra. “Não estamos sozinhos, e essas são mensagens de que eles estão por aqui e não querem o nosso mal”, afirmou.

Desta vez, dois fatos chamam a atenção dos pesquisadores: os desenhos teriam surgido antes do “previsto” - desde 2008, os desenhos na lavoura ocorrem nos meses de outubro - e, pouco mais de 24 horas depois, na tarde de domingo, novos agroglifos foram descobertos em campos do interior da Inglaterra, onde o fenômeno já é registrado desde a década de 70. O pesquisador vê relação com os novos desenhos surgidos na Inglaterra.

“Existe sempre a dúvida de que alguém querendo brincar ou tirar proveito da situação ao fazer uma formação. Digo que em Ipuaçu, se fosse um só círculo, eu também diria que foi feito por mãos ou pés humanos, mas os 30 círculos menores interligados entre si e o corredor levando até a outra formação indica que não teve a presença humana”, diz Dohl.

De acordo com o pesquisador, o surgimento teria ocorrido com duas semanas de antecedência. “Eles sempre apareceram nos últimos dias do mês de outubro. Agora chegaram duas semanas antes e no domingo já haviam desenhos na Inglaterra. Isso nunca havia acontecido”, afirma.

Os desenhos no oeste catarinense seriam os mais “impressionantes” desde que começaram a ser registrados. O círculo central conta com 40 m de diâmetro e com as plantas amassadas em sentido horário. Outros 30 desenhos são interligados “assimetricamente”, segundo Dohl.

“É o mais impressionante. Pequenos círculos completamente ligados uns aos outros de uma forma assimétrica e milimetricamente calculada”, disse, acrescentando não haver marcas ou pegadas na lavoura até o local dos agroglifos. “Uma equipe levaria horas e horas para fazer isso e ainda deixaria marcas no local”.

* Fonte / Mais fotos:
http://noticias.terra.com.br/ciencia/noticias/0,,OI6239474-EI238,00-Nao+estamos+sozinhos+diz+pesquisador+sobre+sinais+em+SC.html#tarticle

* Comentário: Achei estranho que aparentemente as fotos tiradas de baixo não batem com o desenho das fotos tiradas de cima (para ver as fotos de cima clique no link acima - Fonte). E pelo que consta no Terra o autor das fotos é o próprio ufólogo (e não o Terra). Alguém também acha que são fotos de desenhos diferentes?