Arquivo da Categoria ‘Esportes’

Jornal britânico: Brasileiros têm coragem de dizer o que os britânicos não tiveram

Sexta-feira, 21 de Junho de 2013

The Guardian / BBC - 21/06/2013

sp_protestos_copa_afp.jpg

O texto, assinado por Simon Jenkins, diz que os protestos brasileiros, que têm como um dos alvos os altos gastos com Copa do Mundo e as Olimpíadas no país, são autênticos ao repercutir o sentimento de que as pessoas não querem esse tipo de “extravagância”.

“A extravagância de 9 bilhões de libras (Olimpíadas em Londres) não era necessária para abrigar um show internacional de atletismo. O Rio de Janeiro não somente tem uma extravagância, mas duas”.

“Então parabéns aos brasileiros por terem dito o que os britânicos ano passado não tiveram coragem de dizer: basta”, diz o artigo, acrescentando que a Copa do Mundo e as Olimpíadas são eventos televisivos que poderiam ser realizados com menos gastos.

‘Dilúvio de promessas’

“Todo mundo sabe que o ‘dilúvio de promessas’ que as nações sede recebem sobre legado é uma bobagem”, diz o Guardian.

O artigo também critica a realização de outros eventos que envolvem grandes somas de dinheiro, como o G8 e o G20.

“O G8 esta semana na Irlanda do Norte foi inútil”, diz o artigo. “Uma noite e dois dias em um lago irlandês sombrio custou 60 milhões de libras ao contribuinte e o recrutamento de mil policiais por delegação. Eles não poderiam ter usado Skype?”, indaga o autor.

O texto qualifica a realização do G20, em 2012, como um “carnaval obcecado por segurança”.

“A reunião de 2012 em Toronto gastou, em dois dias, US$1 bilhão em segurança. Não fez nada pelos pobres e devastou a economia local por um ano”, diz.

O autor critica o fato de que o avanço da tecnologia nos últimos anos não ter sido suficiente para substituir a necessidade por eventos presenciais, alimentados pelo desejo dos líderes mundiais de receberem seus colegas, numa demonstração de poder.

* Fonte:
http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2013/06/130621_imprensa_guardian_fl.shtml

Explosões em Boston deixam três mortos e instauram medo nos EUA

Segunda-feira, 6 de Maio de 2013

Globo.com - 16/04/2013

Três mortos, mais de 140 feridos e o medo de volta ao cotidiano. O ataque desta segunda-feira (15) na Maratona de Boston recolocou terror no centro das atenções dos Estados Unidos. O governo prometeu encontrar e punir os responsáveis, mas até agora não há suspeitos presos e nenhum grupo assumiu a autoria do atentado.

Os Estados Unidos voltaram a dormir sob a sombra do terror, e sem respostas. A polícia não apontou suspeitos, nem a motivação para os ataques. O FBI, a polícia federal americana, assumiu o caso, que, segundo fontes da Casa Branca, é tratado como um ato terrorista.

Investigadores confirmaram que as explosões foram planejadas e coordenadas, mas não informaram se foi um ataque doméstico ou organizado por um grupo estrangeiro. Os peritos trabalham na análise das câmeras de segurança dos prédios vizinhos.

Segundo a imprensa americana, os investigadores procuram nas imagens um homem com uma mochila que teria tentado entrar em uma área de acesso restrito pouco antes das explosões. As chamadas telefônicas feitas na região e no horário do ataque também vão ser investigadas.

A primeira explosão aconteceu perto da linha de chegada da tradicional Maratona de Boston. Segundos depois, a cerca de cem metros, outra bomba foi detonada. Foram cenas de pânico: gritos, correria, muitas pessoas feridas.

Na mesma rua, um pouco mais à frente, foram encontrados dois outros explosivos, que não chegaram a ser detonados. Eles são considerados fundamentais na investigação, porque podem conter impressões digitais dos autores.

Quase duas horas depois, a nove quilômetros do local, houve uma explosão na Biblioteca John Kennedy. A polícia confirmou que não há ligação entre os casos.

Logo depois dos ataques, o espaço aéreo de Boston foi fechado e o serviço de telefonia celular bloqueado para impedir possíveis detonações remotas.

Segundo o comissário de polícia, os setores de inteligência não tinham qualquer informação que sugerisse um atentado terrorista. Ele pediu que a população fique em casa e evite locais de grande aglomeração.

O governador de Massachusetts avisou que vão ser tomadas medidas mais rígidas de segurança nesta terça-feira (16) e qualquer cidadão pode ser revistado.

Mil agentes especializados no combate ao terrorismo foram mobilizados em Nova York. O policiamento foi reforçado nas estações do metrô, pontos turísticos, usinas de energia elétrica e locais de armazenamento de água. O prefeito Michael Bloomberg pediu que os novaiorquinos se mantenham alertas e não hesitem em informar sobre pacotes suspeitos deixados nas ruas.

Em um pronunciamento na Casa Branca, o presidente Barack Obama evitou falar em terrorismo, mas prometeu encontrar e punir os responsáveis.

* Fonte / Video:
http://g1.globo.com/bom-dia-brasil/noticia/2013/04/explosoes-em-boston-deixam-tres-mortos-e-instaura-o-medo-nos-eua.html

Time boliviano The Strongest contrata bruxo para “limpar” clube

Sexta-feira, 8 de Fevereiro de 2013

Portal Terra - 07/02/2013

the_strongest_bolivia.jpg

O The Strongest, que está no mesmo grupo de Atlético-MG e São Paulo na Copa Libertadores da América, vai contratar um bruxo para “limpar” o clube de energias malígnas. O processo foi garantido pelo presidente do clube de La Paz, Kurt Reich.

A decisão foi tomada depois do péssimo início de Torneio Clausura da equipe. Foram apenas dois pontos em cinco partidas disputadas. Os dirigentes e jogadores do clube também deverão passar pela limpeza espiritual.

A visita do bruxo será feita nesta sexta-feira nas instalações do The Strongest. A maldição que está atacando o clube foi comprovada, segundo Reich, pelo fato dos funcionários terem encontrado o nome do presidente escrito com sal negro e outros elementos de bruxaria.

* Fonte:
http://esportes.terra.com.br/futebol/libertadores/adversario-de-sao-paulo-e-atletico-mg-contrata-bruxo-para-limpar-clube,b0d8dcb0016bc310VgnCLD2000000dc6eb0aRCRD.html

Minissérie da BBC ‘Spooks Code 9′ mostrou ataque terrorista em Londres

Terça-feira, 17 de Julho de 2012

Espada.eti.br - 15/12/2012

Em agosto de 2008, a BBC transmitiu uma minissérie chamada “Spooks: Code 9″, que previa um ataque nuclear no Estádio Olímpico de Londres, em 2012″. O número de mortos previsto era mais de 100 mil!

Estariam os Illuminati telegrafando um de seus golpes novamente? Em 2006, publicamos um artigo em que observamos a tendência da Elite Globalista de “telegrafar” suas intenções anos antes de os eventos planejados ocorrerem. Separe alguns momentos para ler o artigo “Revelação Surpreendente: Agora Sabemos Por Que os Illuminati Telegrafam Seus Próximos Golpes, Retratando Exatamente os Eventos Futuros”, disponível em http://www.espada.eti.br/n2104.asp.

Depois que você ler esse artigo, ficará ainda mais surpreso ao saber que a BBC transmitiu uma minissérie em agosto de 2008, em que mostrou um ataque terrorista nuclear durante os Jogos Olímpicos de 2012! Poderia esse programa da BBC ser uma “telegrafia de golpes”, antes da Olímpíadas de Londres, que deverão ocorrer de 27 de julho até 12 de agosto de 2012?

Agora, vamos examinar uma carta do jogo “INWO - Illuminati New World Order”. Lembre-se que esse jogo foi lançado por Steve Jackson no início de 1995.

inwo_combined_disasters_london_2012_londres_olympics_www_tabernaculonet_com_br.jpg

Primeiro, observe o enorme relógio mostrado no canto supeior direito é o Big Ben, de Londres. Não pode haver dúvidas. Segundo, observe as cinco pessoas que estão correndo do desastre estão vestidas com as mesmas cores que os anéis dos Jogos Olímpicos.  Além disso, essas pessoas são claramente de cinco nacionalidades diferentes. Vamos analisar o significado dos cinco anéis coloridos dos Jogos Olimpicos para que você possa ver os cinco continentes representados.

london_2012_www_tabernaculonet_com_br.png

“Os cinco anéis entrelaçados representam os cinco continentes, unidos pelo Movimento Olímpico, ou as cinco principais regiões: África, Américas, Ásia, Europa e Oceania. Como diz a Carta de Constituição dos Jogos Olímpicos, o símbolo dos cinco anéis ‘representa a união dos cinco continentes e a reunião dos atletas de todo o mundo nos Jogos Olímpicos’. O símbolo dos Jogos é composto de cinco anéis entrelaçados, em cores azul, amarelo, preto, verde e vermelho em um fundo branco. As cores dos anéis representam as bandeiras dos países que participam nas Olimpíadas. Todas as bandeiras dos países participantes nas Olimpíadas incluem uma dessas cores” (Wiki Answers).

A evidência que tanto a carta do jogo INWO e a minissérie “Spooks: Code 9″ estão telegrafando um grande evento terrorista durante os Jogos Olímpicos de Londres de 2012 parece fortemente circunstancial. Não é possível ter certeza.

O horário mostrado pelos ponteiros do relógio do  Big Ben no momento do desastre indicam 11h12min. Poderá ser esse o horário do desastre?  Não podemos saber até e se o desastre ocorrer. Entretanto, as consequências em todo o mundo seriam incríveis:

* O governo britânico poderia destituir as autoridades eleitas e instituir uma ditadura “até que os inimigos da paz tenham sido extintos”.
* A Lei Marcial poderia ser estabelecida em outros países também (recentemente tanques de guerra foram vistos em locais urbanos e populosos nos Estados Unidos, claramente fazendo exercícios de controle urbano da população).
* As Bolsas de Valores entrariam em turbulência e ameaçariam entrar em colapso, especialmente se o número de vítimas chegar a 100.000.

Embora a possibilidade de um ataque terrorista planejado durante os Jogos Olímpicos em Londres pareça forte, precisamos observar que algumas ações no jogo INWO não ocorreram. Entretanto, precisamos nos preparar para a possibilidade que a Elite Globalista tenha um ataque terrorista planejado durante os Jogos Olímpicos de Londres em julho-agosto deste ano.

* Fonte: Site Espada.eti.br. Recebido por email. Se quiser receber essas e outras informações por email faça sua assinatura no site pelo endereço abaixo:
http://www.espada.eti.br/contrib.htm

* Em ligação com:
Após polêmicas, mísseis antiaéreos são instalados em Londres

V de Vingança, Maçonaria, terrorismo e as Olimpíadas de Londres

V de Vingança, Maçonaria, terrorismo e as Olimpíadas de Londres

Terça-feira, 17 de Julho de 2012

Espada.eti.br - 12/07/2012

london_zion_2012_www_tabernaculonet_com_br.jpg

Revejam cenas do filme “V de Vendetta” (“V de Vingança”), de 2006, que “profetiza” um atentado em Londres. Como é que Hollywood pode saber, com seis anos de antecedência, que um atentado destruirá o Big Ben em Londres? Os jogos olímpicos estão se aproximando. Vejam também o logotipo das olimpíadas. A palavra “Zion” (O monte Sião em inglês, ou seja, Jerusalém) está escondida no logotipo.

Desde a morte de Elisabeth, I, que não deixou herdeiros, o trono da Inglaterra passou a ser ocupado por reis maçons. De James I até os dias de hoje. A indústria de Hollywood é controlada por judeus maçons (que são totalmente diferentes de judeus praticantes). A obsessão da Maçonaria é reconstruir o Templo de Salomão, em Jerusalém. Ocorre que um bilhão de muçulmanos impedem a reconstrução do Templo que é adorado pelos maçons. Logo, somente uma guerra contra o Islã será capaz de permitir a realização do sonho da Maçonaria.

Esses líderes mundiais maçons são tão arrogantes que fazem questão de mostrar em filmes o que eles pretendem fazer, pois sabem que a maioria da população só acredita no que vê e lê na grande mídia. O problema é que a grande mídia hoje é controlada por poucas famílias, que estão todas comprometidas com a Maçonaria.

Vejam cenas do filme “V de Vendetta” e do logotipo dos jogos olímpicos de Londres no endereço abaixo:
http://www.youtube.com/watch?v=BHPdB6fYHOw

Se vocês conhecem alguém que irá a Londres para os jogos olímpicos, eu sugeriria a desistir da viagem.

O que estou dizendo pode parecer com o que está escrito nos Protocolos dos Sábios de Sião, que dizem ter sido uma falsificação da polícia czarista. Mas peço que releiam os Protocolos e vejam se o que está escrito neste texto foi ou não colocado em prática. A única diferença é que as principais vítimas serão os judeus que vivem em Israel, que terão de enfrentar aquele que irá profanar o Templo de Salomão. Vocês sabem como a Bíblia denomina essa criatura. O profeta Daniel (Livro de Daniel 9:26-27) diz que ele será um príncipe. Jesus Cristo confirma a validade dessa profecia no capítulo 24 de Mateus.

Nós já estamos no reinado do Anticristo. Só falta ele vir a público.

* Fonte: Leitor do site Espada.eti.br. Recebido por email. Se quiser receber essas e outras informações por email faça sua assinatura no site pelo endereço abaixo:
http://www.espada.eti.br/contrib.htm

* Em ligação com:
Após polêmicas, mísseis antiaéreos são instalados em Londres

Minissérie da BBC ‘Spooks Code 9′ mostrou ataque terrorista em Londres

Após polêmicas, mísseis antiaéreos são instalados em Londres

Sexta-feira, 13 de Julho de 2012

Portal Terra / AP - 13/07/2012

ap_antiair_missile_london_www_tabernaculonet_com_br.jpg

getty_images_london_against_missiles_www_tabernaculonet_com_br.jpg

ap_misseis_antiaereos_londres_conspiracao.jpg

A duas semanas do início dos Jogos Olímpicos de Londres, o governo britânico iniciou a maior operação de segurança da história do país. Após protestos, pedidos na justiça e inúmeras divergências, segundo o jornal Daily Mail, os mísseis antiaéreos enfim começaram a ser instalados em Londres.

Divididos em seis pontos de Londres - Leytonstone, Bow, Blackheath Common, Oxleas Wood, Enfield e Epping Forest - os mísseis estão sendo instalados para proteger a cidade de supostos ataques terroristas durante os Jogos.

Muitas polêmicas se instauraram em Londres desde que o Ministério da Defesa cogitou instalar mísseis próximos a áreas residencias de Londres. Nos últimos dois meses, moradores dos locais e Ministério da Defesa travaram uma “batalha” na justiça britânica. Enquanto os moradores acreditavam que, com a instalação dos mísseis, as suas casas estariam correndo risco de segurança por se tornarem “alvos” de ataques, o Ministério defendia a ideia de que a operação era necessária para garantir a segurança da capital britânica.

O caso mais polêmico aconteceu em Leytonstone, no leste de Londres. Devido a sua proximidade com a Vila Olímpica, o local era visto como “prioridade” na operação, que previa que os mísseis seriam instalados em cima da Fred Wigg Tower, um edifício residencial de 17 andares. Após diversos pedidos na justiça, o Ministério da Defesa venceu a “queda de braço” e não só essa como todas as outras operações já começaram a ser executadas na capital britânica.

No Bairro de Leytonstone, localizado ao leste de Londres, a vida transcorre com calma. Longe do agito do centro da cidade, onde turistas e pedestres causam intenso movimento, nesse lugar parece que o tempo passa mais devagar. Existem lojas de bairro, igrejas e muitas casas rodeadas de pequenos jardins. Alí, mães com seus filhos saem para comprar frutas, oferecendo um postal de tradição.

No lugar, encontra-se o edifício Fred Wigg, lugar que sem querer começa a acabar com a monotonia e paz de Leytonstone, porque nele o Ministério da Defesa Britânico vai instalar baterias antiaéreas que fazem parte da operação - Guardião Olímpico -, uma grande implantação das forças armadas e policiais com a missão de manter a segurança durante os Jogos Olímpicos.

A tranquilidade da caminhada até a torre Leytonstone acaba com o barulho dos helicópteros que sobrevoam a área, alguns vizinhos que estão na porta de suas casas olha o céu por causa do ambiente fora do comum. Depois de alguns minutos na vizinhança, o Edifício Fred Wigg, lugar da polêmica, é visto. Os habitantes do bairro se negam a aceitar a instalação das baterias militares, já que existe o temor que elas possam se tornar alvo de ataque terroristas, o que os levou a entrar na justiça para que isso não aconteça.

Pequenas casas, um grande campo de futebol e dois parques infantis estão ao redor do edifício. Se a atmosfera é de um lugar relaxado, esta ideia vem abaixo quando se chega na entrada, pois uma viatura de polícia está estacionado no local, e em frente, cinco metros adiante, outro enorme veículo policial, com seis pessoas abordo, vigia o movimento das redondezas.

Ao observar os repórteres do Terra, um dos oficiais pergunta o motivo da visita. Depois de respondidas as primeiras perguntas, os questionamentos continuam de maneira mais incisiva, deixando o ambiente mais tenso. Depois de alguns minutos de conversa, o oficial permite apenas algumas fotos da fachada, mas sem entrar no edifício e muito menos gravar imagens, sob o argumento de que se deve “respeitar a privacidade dos moradores”.

Os oficiais não tiram os olhos dos repórteres que fotografam o lugar vigiado. Uma moradora sai e caminha em direção ao metrô, momento certo para saber como se sentem os mais afetados por toda essa situação.

“Vieram por causa dos mísseis, não é? Pois na próxima semana vai haver uma audiência na corte, estamos esperando o resultado”, comenta Deborah, uma mulher de aproximadamente 30 anos, que fala sobre os motivos de não querer a instalação das baterias antiaéreas. “Como podem ver, aqui é um lugar tranquilo, onde há famílias e crianças. É perigoso para todos nós”, afirma e depois se desculpa porque tem que ir ao trabalho.

A instalação dos mísseis ainda não aconteceu, mas a vigilância da polícia em um lugar acostumado com a tranquilidade eleva a tensão tanto dos moradores quanto dos visitantes.

O governo britânico tem como principal interesse manter a tranquilidade de Londres e estar em alerta máximo durante os Jogos, tanto que além de instalar as baterias em lugares como o Edifício Wigg, ou o Lexinton Building, o plano de segurança inclui mais de 42 mil pessoas, 13,5 mil delas são militares, e também um porta helicópteros no Rio Tâmisa.

A tranquilidade vai diminuir a medida que se aproximem os Jogos Olímpicos, porque a partir do dia 16 de julho, a polícia vai controlar o acesso de veículos e dos habitantes da área, como apontam várias praças ao longo das ruas.

A última palavra é da corte, mas é provável que os vizinhos tenham que ceder a instalação das baterias.

* Fontes:
http://esportes.terra.com.br/jogos-olimpicos/londres-2012/noticias/0,,OI5895917-EI19410,00.html

http://esportes.terra.com.br/jogos-olimpicos/londres-2012/noticias/0,,OI5895583-EI19410,00.html

http://www.telegraph.co.uk/news/uknews/defence/

* Em ligação com:
V de Vingança, Maçonaria, terrorismo e as Olimpíadas de Londres

Minissérie da BBC ‘Spooks Code 9′ mostrou ataque terrorista em Londres

Grupo de bruxas mira Tebow, mas intercessores cristãos reagem

Segunda-feira, 16 de Janeiro de 2012

Charisma / Julio Severo - 15/01/2012

tebow_www_tabernaculonet_com_br.jpg
Jogador de futebol americano Tim Tebow

Um coven de bruxas se uniu para lançar um feitiço, na esperança de encerrar a sequência de vitórias miraculosas do jogador Tim Tebow em favor de seu time Denver Broncos.

Lorelei e Lori Bruno, duas bruxas de Massachusetts, realizaram uma sessão espírita ao meio-dia da sexta-feira 13 na Esquina do Esconderijo do Corvo, na cidade de Salem, Massachusetts. A meta delas: garantir que o time New England Patriots derrote Tebow e seu time Denver Broncos.

“Vou levantar a energia do universo e enviar todos os encantamentos”, Lorelei disse para o jornal Boston Herald. “Lori invocará os anjos”.

As bruxas afirmam que não estão fazendo bruxaria contra Tebow, mas confessaram que querem fazer um altar com um boneco de Tom Brady, zagueiro do New England Patriots [para ajudá-lo a vencer Tebow]. Uma bruxa da localidade teria costurado o boneco, que ficará no altar ao lado das bolsas cheias de ervas e pedras para ajudar todos os jogadores do New England Patriots.

bruxos_contra_tebow_www_tabernaculonet_com_br.jpg
Bruxas Lorelei e Lori invocando “espíritos”

“Tom Brady verá o que ele precisa ver, estará onde ele precisa estar e conduzirá o New England Patriots a outra vitória”, Lorelei disse ao Boston Herald.

Entretanto, os cristãos não estão se curvando a essa bruxaria. Kim Daniels, fundadora dos Ministérios Palavra Falada, uma igreja multirracial de periferia de cidade, e vereadora da cidade de Jacksonville, Flórida, está organizando intercessores para orar às 17h e meia-noite, horários que as bruxas chamam de “a hora das bruxas” e que Kim chama de “a hora do Espírito Santo”.

“O governo de Deus está se manifestando e expondo a escuridão. Vamos ter muitos montes Carmelos onde nos defrontaremos com o diabo, e ele não vai ficar com a glória”, disse Kim.

“Exatamente como cremos em Jesus, há pessoas que acreditam no diabo. Essa é uma chamada para a igreja despertar. O mal existe e em qualquer lugar em que a luz, haverá choque com as trevas. No estádio de futebol é hora de Tebow. Mas na esfera espiritual é hora de Jesus. Tebow pertence a Jesus”.

* Fonte:
http://juliosevero.blogspot.com/2012/01/grupo-de-bruxas-mira-tebow-mas.html

* Tradução: Julio Severo.

* Fonte original:
http://charismanews.com/us/32652-witches-coven-targets-tebow-intercessors-answer-back

Ferrari pode ser investigada por anúncio subliminar de cigarro

Quinta-feira, 29 de Abril de 2010

Portal Terra - 29/04/2010

Associações médicas da União Europeia estão se mobilizando para que o governo abra inquérito sobre uma possível propaganda subliminar da Marlboro nos carros e uniformes da Ferrari na Fórmula 1, segundo informou o Times Online nesta quinta-feira.
A Marlboro tem um contrato estimado em US$ 1 bilhão por 10 anos com a escuderia, mas a publicidade tabagista é proibida em eventos esportivos na União Europeia.

No entanto, segundo o jornal, médicos e publicitários afirmam que um emblema estampado ao lado do logo da Ferrari nos produtos da escuderia italiana e nas roupas dos pilotos Fernando Alonso e Felipe Massa, em forma de código de barras, se parece com a embalagem de cigarros da Marlboro, em uma suposta forma de burlar as regras de publicidade e anunciar o produto.

Um porta-voz da companhia italiana afirmou ao jornal que o “código de barras” faz parte da insígnia da Ferrari, e não tem qualquer relação com uma campanha publicitária subliminar. A Ferrari é o único grupo da modalidade que tem uma fabricante de cigarros em seu nome oficial, Scuderia Ferrari Marlboro.

A fabricante do Marlboro, Philip Morris, afirmou que cumpre o regulamento do contrato com a Ferrari, que determina que a empresa não anuncie seus produtos nos países que proíbem a publicidade de cigarros.

* Fonte:
http://not.economia.terra.com.br/noticias/noticia.aspx?idNoticia=201004291217_RED_78928192

* Imagens:
http://invertia.terra.com.br/galerias/0,,OI121921-EI1805,00.html

* Adendo:

>> Atual:
Subliminar Marlboro / Ferrari

Macacao Ferrari 2010

>>  Anterior:

Macacao Ferrari - Kimi
(nome “Marlboro” tampado com uma tarja branca)

>> Na época que tinha escrito Marlboro:

Ferrari - Michael

Bruxo faz trabalho para Cristiano Ronaldo deixar o futebol

Domingo, 18 de Outubro de 2009

Portal Terra / Agência EFE - 18/10/2009

C. Ronaldo

O bruxo Pepe, de nacionalidade espanhola, garante que dentro de quatro meses, no máximo, o atacante português Cristiano Ronaldo, do Real Madrid, “voltará para seu país e nunca mais jogará futebol”, segundo uma entrevista publicada hoje pelo jornal português Correio da Manhã.

Pepe disse que, depois da recente lesão que sofreu, Cristiano Ronaldo terá uma nova contusão e vai ter que parar por dois ou três meses. “Depois, virá a lesão final”, acrescentou o bruxo.

O bruxo revelou que amaldiçoou o jogador a pedido de uma mulher de uma poderosa família. Ela teria levado um fora do atacante português depois de ter um caso com ele e abrir-lhe as portas da alta sociedade.

Pepe disse que a “vingança” não tem mais volta. “Ela já me ligou três vezes. Na última, disse que está satisfeita com meu trabalho”, acrescentou.

De acordo com o bruxo, a mulher que o contratou “não fala espanhol, não é portuguesa e tem menos de 30 anos”. O espanhol admitiu que, se seu trabalho der errado, isso seria fatal para sua credibilidade.

Pepe também confessou saber que a mãe de Cristiano Ronaldo contratou o bruxo português Fernando Nogueira, que usa magia branca. “Minha magia é a negra, e isto acelerará o processo. Esta é uma combinação explosiva e (Cristiano) Ronaldo é quem vai sofrer as consequências”, afirmou.

* Fonte:
http://esportes.terra.com.br/futebol/europeu/2009/noticias/0,,OI4048485-EI14095,00.html