O curioso caso do rapaz do Acre que desapareceu

Por Gustavo Guerrear, editor do Tabernaculonet - 06/04/2017

Giordano Bruno

Gostaria de dar minha opinião sobre o caso do rapaz do Acre que desapareceu “misteriosamente”, deixando em seu quarto vários escritos criptografados, símbolos e objetos ligados a sociedades secretas, e uma estátua de Giordano Bruno. Ainda é cedo para tirarmos qualquer conclusão, mas antes de emitir minha opinião estudei o caso verificando as matérias e vídeos que foram publicados até o momento pela grande mídia. Infelizmente vejo que muita gente tem se deixado levar pela empolgação e tirado conclusões absurdas sobre o caso.

Resumo de minhas opiniões até o momento:

- A princípio não vi nada de sobrenatural neste caso. Em entrevista a mãe do rapaz disse que ele começou esse “projeto de livro” em 2013. Isso dá 4 anos até 2017. É tempo mais que suficiente para qualquer pessoa (que não esteja em sã consciência ou tenha tempo demais sobrando, ou ambos) estude e depois escreva páginas e mais páginas sobre qualquer assunto. A suposta criptografia nada mais era do que um sistema simples de substituição de caracteres, sendo que o autor deixou um guia para que a tradução fosse feita. O alfabeto nem sequer foi inventado por ele, mas já foi visto sendo usado por aí, inclusive na Maçonaria. A estátua de Giordano Bruno que apareceu no quarto não veio “do nada”. O escultor responsável já foi entrevistado, disse que foi contratado para fazer a estátua por 7 mil reais e que o transporte foi feito até a casa do rapaz com uma caminhonete usada pelo mesmo.

- Sinceramente não vejo porque o rapaz deva ser considerado “gênio” ou algo do tipo. Sobre a temática encontrada em seus escritos, pra quem estuda religiões, seitas e sociedades secretas há quase duas décadas, não existe nada de novo ali. O Movimento Nova Era, por exemplo, desde a década de 1960 faz exatamente isso: mistura diversos conceitos de religiões diferentes - orientais e ocidentais - de culturas e povos antigos, para dizer que encontraram “a verdade”. Sinceramente só vi um rapaz com muito tempo livre que ficou “encantado” com o vasto material sobre sociedades secretas que deve ter encontrado na Internet, e começou a se achar “o portador da verdade universal”. Desculpe, mas pra quem acompanha notícias sobre esse tipo de tema há muito tempo, ele é só mais um de diversos casos do tipo.

- Quanto aos ensinos de Giordano Bruno, francamente, dá pena ver pessoas por aí elogiando o cara sem ter a menor noção do que ele escreveu. Ele foi padre católico, abandonou, depois chegou a ser protestante, desistiu, depois fez parte de “organizações herméticas” (referência a Hermes, da mitologia grega) - isto é, sociedades secretas -  envolveu-se com ensinos da religião do Egito Antigo, enfim… Experimentou muitas coisas. Isso significa um cara visionário ou um cara com a mente fraca que muda de crença igual troca de roupa? Tire suas próprias conclusões. Depois, ele começou a pegar os ensinos que achava corretos em cada religião que conheceu, misturou tudo e montou “sua própria versão” (uma prática que sempre existiu na história da humanidade).

- Na minha opinião, obviamente o suposto “desaparecimento” do rapaz não tem nenhuma explicação extraordinária. Ele realmente acha que “descobriu o segredo do mundo” e planejou esse monte de absurdo pra chamar atenção. As notícias foram bem claras em dizer que, segundo a polícia, ele levou celular, um HD de computador e peças de roupa. Além disso seus pais falaram abertamente sobre seu projeto de escrever um livro, que ele estaria justamente finalizando. A essas horas, para desespero da triste família, ele deve estar comemorando o êxito de sua trama, visto que seu “desaparecimento misterioso” está sendo noticiado inclusive mundo afora.

- Com qual sociedade secreta ele pode ter se envolvido? É difícil saber, pois existem diversas sociedades secretas herméticas que usam os símbolos e conceitos que ele usou. Se fosse escolher uma, baseado no que vi, eu citaria um leve envolvimento com a Rosacruz (direto ou indireto), mas é impossível saber. Pode ser que ele tenha simplesmente aprendido por conta própria, através de livros e materiais na Internet. Alguns símbolos do quarto fazem referência ao Reiki (culto à “energia vital” conhecida como “chi” - no fim das contas só mais uma das várias religiões ou seitas baseadas em religiões orientais).

No fim das contas, espero que ele seja encontrado, pelo bem da família desesperada, e aprenda a ter consciência das consequências dos seus atos.

Quanto a mim, sinceramente tenho mais com o que me preocupar.

Fique com Deus!

PS.: Se você estiver “deslumbrado” com os ensinos e conceitos de sociedades secretas, religião egípcia e outras besteiras do tipo, e intrigado com os segredos por trás dessas organizações, recomendo que leia meu artigo abaixo, onde exponho o que há por trás disso tudo: 

A essência dos grupos sócio-religiosos e a história da humanidade

Gustavo Guerrear, editor do Tabernaculonet

Dê a sua opinião!

Espaço para comentários referentes ao assunto abordado nesta página.
Os comentários são de responsabilidade do autor e não representam necessariamente a opinião do Tabernaculonet.
Os comentários são lidos antes de serem publicados.

imagem CAPTCHA