Vênus encontra Júpiter em fenômeno raro

Portal Terra - 01/12/2008

Os três astros mais brilhantes durante a noite proporcionaram um fenômeno astronômico raro que pôde ser observado a olho nu nas regiões do mundo onde as condições atmosféricas mantiveram o céu limpo. Os planetas Vênus e Júpiter e a Lua entraram em conjunção após o pôr-do-Sol, segundo informações do diário português Correio da Manhã.

O fenômeno consiste em uma aproximação dos três astros até o momento final em que ficam totalmente alinhados. Vênus e Júpiter deixaram de ser visíveis e foram ocultados pela Lua.

“Nos últimos dias surgiram dois pontos brilhantes no céu, ao anoitecer, a sudoeste. São os planetas Vênus (o mais brilhante) e Júpiter, que lentamente se aproximam um do outro, em direção à Lua”, explicou Rui Agostinho, diretor do Observatório Astronômico de Lisboa, ao Correio da Manhã.

A última vez que o fenômeno aconteceu foi em 7 de outubro de 1961 e só voltará a se repetir em 18 de novembro do ano 2052.

Durante o fenômeno, a Lua fica a 402 mil quilômetros da Terra, Vênus a 150 milhões e Júpiter a 870 milhões. O uso de binóculos produz uma visibilidade total do movimento astronômico. O telescópio permite que se veja somente um dos astros de cada vez.

No Brasil
Os brasileiros também poderão observar o fenômeno em um período que vai das 19h30 às 21h. A Divisão de Astrofísica (DAS) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), em São José dos Campos, no interior de São Paulo, vai disponibilizar telescópio, binóculos e equipe técnica para atender os interessados em acompanhar a conjunção planetária.

* Fonte / fotos:
http://noticias.terra.com.br/ciencia/(…).html

Dê a sua opinião!

Espaço para comentários referentes ao assunto abordado nesta página.
Os comentários são de responsabilidade do autor e não representam necessariamente a opinião do Tabernaculonet.
Os comentários são lidos antes de serem publicados.

imagem CAPTCHA