Adolescente de São Paulo que fugiu de casa com namorada seguia seita mística

O Globo - 19/10/2009

Gnosis

O casal de adolecentes V., de 16 anos, e L., de 17, que fugiu de casa em São Paulo, no sábado à noite, pretendia viver de aventura, segundo o delegado Antonio de Olim, titular da 2ª Delegacia de Desaparecidos o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Os dois foram localizados nesta segunda-feira pela polícia na cidade de São Sebastião, litoral norte de São Paulo. Segundo o delegado, V., que é cubano, se inspirou no filme e no livro ‘Na Natureza Selvagem’, do jornalista John Krakauer, inspirado na história real de Christopher McCandless, um jovem rapaz americano que abandona sua vida de conforto para buscar a liberdade pelo mundo.

- O garoto é muito místico e pretendia começar uma aventura. Ele não disse para onde ia. Só disse que iria viver dessa forma e aliciou a namorada, com quem estava junto há um ano - diz Olim.

A polícia chegou até o casal após rastrear uma ligação do tio da menina para o celular de L. O casal fugiu no sábado à noite para São Sebastião e mandou mensagens via celular para que a família não se preocupassem.

Segundo o delegado, os pais eram favoráveis ao namoro, mas haviam pedido que o casal se encontrasse com menos frequência, para que a menina pudesse estudar para o vestibular. L. é aluna do terceiro ano do Ensino Médio. O rapaz está no segundo ano.

Segundo o delegado Antonio de Olim, eles teriam pedido para dormir na casa de uma professora que conheceram na praia de Boiçucanga, no mesmo município, que achou estranho o pedido dos jovens, mas os levou para a casa de uma amiga, uma senhora que trabalha em uma ONG.

Nesta manhã, os adolescentes teriam ido à praia e deixaram o celular na casa. Um tio da menina ligou para o celular, por volta das 10h10m, e a polícia conseguiu rastrear a ligação e descobriu que os dois estavam no litoral. A moradora da residência desconfiou do casal, já que havia mensagens dos pais da adolescente no aparelho. Segundo a polícia, o casal estava procurando emprego no litoral.

- O fato dessa senhora ter ligado o celular da menina foi fundamental para que a polícia encontrasse os dois - ressalta Olim.

L. saiu de casa por volta de 17h, dizendo aos pais que iria ao cinema do Shopping Eldorado, na zona oeste da capital, com o namorado e ligaria quando o filme acabasse. Mas, em vez da ligação, eles receberam uma mensagem de texto no celular em que L. dizia: “Amo vocês. Por favor, não se culpem. Cuidem da B.”, por volta das 21h20 do sábado.

A mãe de V. recebeu uma mensagem parecida, em que V. dizia: “Não é culpa sua. Estou em busca de mim mesmo; leia os livros e busque a gnosis. “Gnosis” é uma palavra de origem grega que quer dizer conhecimento.

Os dois foram vistos pela última vez por volta das 17h40m do sábado, em uma loja de artigos de camping, no Shopping Eldorado. Os dois compraram barraca, cordas, bússola, colchonetes de acampamento, protetor térmico e duas mochilas. No quarto de V., a mãe encontrou uma lista com objetos semelhantes e descobriu que ele havia baixado da internet um manual de sobrevivência na selva e dicas de alimentação do Exército.

Um tio da jovem também encontrou no computador dela um arquivo enviado por V. com fundamentos de uma doutrina mística.

- A gente não conhece muito o assunto. Mas era tipo um estudo hiperbórico, sociedade hiperbórica. Foi uma surpresa - contou o tio.

* Fonte:
http://oglobo.globo.com/cidades/sp/mat/2009/10/19/casal-de-adolescentes-que-fugiu-de-casa-em-sp-queria-viver-de-aventuras-768120846.asp

* Nota: grifo nosso.

* Comentário: Quando o tio da jovem disse “estudo hiperbórico” e “sociedade hiperbórica” na verdade estava querendo dizer “Estudo Hiperbóreo” e “Sociedade Hiperbórea”. A crença Hiperbórea moderna, originária da mitologia nórdica, é uma grande mistura de religiões e deuses com misticismo e até racismo (tem a ver com uma suposta “raça superior”). Muitas sociedades secretas e bruxos absorveram a crença Hiperbórea antiga e mitológica, inclusive o Nazismo. Nota: Agradecemos R. (nome preservado) por ter colaborado por email sobre este assunto.

* Informações:
http://www.cacp.org.br/seitasdiversas/artigo.aspx?lng=PT-BR&article=420&menu=8&submenu=1

http://pt.wikipedia.org/wiki/Gnose

Dê a sua opinião!

Espaço para comentários referentes ao assunto abordado nesta página.
Os comentários são de responsabilidade do autor e não representam necessariamente a opinião do Tabernaculonet.
Os comentários são lidos antes de serem publicados.

imagem CAPTCHA