[CASO 5] Cartomante é suspeita de fincar agulhas em bebê no interior de São Paulo

Portal Terra - 26/08/2010

O delegado Luiz Cláudio Massa, que investiga o caso do menino de 1 ano e 8 meses encontrado com vários ferimentos e agulhas inseridas nas nádegas no município de Lençóis Paulista - a 280 km de São Paulo - afirmou nesta quinta-feira que pretende ouvir, ainda nesta semana, a cartomante que prestava serviços à patroa da mãe da criança e à cunhada dela. As duas são acusadas de serem as autoras das agressões.

Segundo o delegado, na noite de sábado, a mãe do bebê teria sido convidada a beber cerveja com a patroa e sua cunhada, e teria deixado o filho sozinho em seu quarto. Por volta das 2h, a dona da casa teria mandado a empregada buscar mais bebida. Acompanhada da cunhada da patroa, a mãe do bebê foi fazer as compras e, quando voltou, teria encontrado a criança ferida. Exames médicos apontaram que o bebê tinha agulhas nas nádegas. A suspeita é de que os objetos façam parte de um ritual de magia negra.

De acordo com Massa, a patroa da mãe da criança, uma empresária de 43 anos, mostrou-se bastante confusa, em depoimento, quando o delegado afirmou saber que ela frequentava locais onde seriam praticados rituais de ocultismo. “Ela se mostrou bastante nervosa e acabou revelando que frequentava essa cartomante, mas negou participar de sessões de magia negra”, diz. O delegado afirmou que pretende ouvir a cartomante nesta sexta-feira.

O depoimento da cartomante poderá ajudar o delegado a dar um novo rumo às investigações. “Não descarto ao final dos trabalhos o pedido de prisão das três envolvidas”, disse o delegado. Por enquanto, o caso está registrado como maus tratos. A patroa foi indiciada por omissão de socorro.

Bebê não sofreu agressão sexual

Massa afirmou também que os exames feitos para verificar se o menino foi vítima de violência sexual teve resultado negativo. O exame havia sido solicitado pelo delegado, que desconfiava da possibilidade de a criança ter sido abusada sexualmente. “Graças as Deus, o exame deu negativo”, disse Massa. O delegado contou que pretende ouvir ainda está semana, a cartomante freqüentada pela patroa e cunhada da mãe da criança. A suspeita é que as agulhas encontradas alojadas nas nádegas do bebê façam parte de um ritual de magia negra.

Cirurgia

De acordo com Maria Angelina Romani Malagi, presidente do Conselho Tutelar de Lençóis Paulista, a criança passa bem e está sob a guarda do órgão. Sobre a cirurgia para retirada das agulhas, a conselheira disse que serão necessários exames complementares, já que uma das agulhas está alojada nas nádegas e a outra se encontra próximo de uma região “complicada”, perto do cóccix.

Os novos exames irão mostrar se a agulha foi inserida pela frente ou pelas nádegas no corpo da criança. O médico irá dizer se é possível retirar o objeto ou se o bebê terá que conviver com ele no corpo.

* Fonte:
http://noticias.terra.com.br/brasil/noticias/0,,OI4644106-EI5030,00.html

* Em ligação com:
Casos relacionados com “Agulhas no corpo”

Dê a sua opinião!

Espaço para comentários referentes ao assunto abordado nesta página.
Os comentários são de responsabilidade do autor e não representam necessariamente a opinião do Tabernaculonet.
Os comentários são lidos antes de serem publicados.

imagem CAPTCHA