A verdadeira história do termo “Rá-tim-bum”

Fapesp (USP) - Agosto de 2004
Dicionário Etimológico Nova Fronteira da Língua Portuguesa

Alguns emails tem circulado pela Internet trazendo informações confusas sobre o significado da palavra “Ratimbum” (ou “Rá-tim-bum”), dizendo que significa “eu amaldiçôo você”. Não trazem qualquer citação sobre as fontes das informações. Veja abaixo as informações corretas vindas de duas fontes diferentes:

O bordão “é pique, é pique, é hora, é hora, é hora, rá-tim-bum”, incorporado no Brasil ao Parabéns a você, é uma colagem de bordões dos pândegos estudantes das Arcadas da década de 1930.

“É pique, é pique” era uma saudação ao estudante Ubirajara Martins, conhecido como “pic-pic” porque vivia com uma tesourinha aparando a barba e o bigode pontiagudo.

“É hora, é hora” era um grito de guerra de botequim. Nos bares, os estudantes eram obrigados a aguardar meia hora por uma nova rodada de cerveja – era o tempo necessário para a bebida refrigerar em barras de gelo. Quando dava o tempo, eles gritavam: “É meia hora, é hora, é hora, é hora”.

“Rá-tim-bum” (ou “Ratimbum”), por incrível que pareça, refere-se a um rajá indiano chamado Timbum, ou coisa parecida, que visitou a faculdade – e cativou os estudantes com a sonoridade de seu nome.

O amontoado de bordões ecoava nas mesas do restaurante Ponto Chic, com um formato um pouco diferente do que se conhece hoje: “Pic-pic, pic-pic; meia hora, é hora, é hora, é hora; rá, já, tim, bum”.

Como isso foi parar no Parabéns a você? “Os estudantes costumavam ser convidados a animar e prestigiar festas de aniversário. E desfiavam seus hinos”, conta o atual diretor da faculdade, Eduardo Marchi, de 44 anos, que relembrou a curiosidade em seu discurso de posse, dois anos atrás.

* Fonte: Jornal Pesquisa FAPESP, da USP, número 102, de Agosto de 2004 (retirado do Suplemento USP 70 Anos).

* Link:
http://www.revistapesquisa.fapesp.br/Suplemento_USP_70_anos.pdf

A palavra RATIMBUM é uma onomatopéia, é a imitação de um som. Neste caso o som emitido por uma bandinha de circo ou uma fanfarra quando quer chamar a atenção sobre uma finalização de uma apresentação. A caixa faz “TARARÁ!”, os pratos fazem “TIM!”, e o bumbo faz “BUM!” - ”TARARÁ TIM BUM”. Para tornar a palavra mais curta e fácil de falar elipsaram o “TARÁ” e ficou só o “RÁ”: “RÁ-TIM-BUM”, com três sílabas de bom efeito sonoro.

* Fonte: Dicionário Etimológico Nova Fronteira da Língua Portuguesa.

* Comentários: Não é porque as duas fontes trazem informações diferentes que uma delas está errada. Na verdade é comum acontecer no Português ou em qualquer idioma uma palavra surgir em épocas e locais diferentes, com significados diferentes. O que é certo é que, segundo as fontes consultadas, o termo “Rá-Tim-Bum” não é visto em nenhuma outra cultura, fora a brasileira. Eu pessoalmente, antes mesmo de pesquisar, sempre achei que este termo fosse mesmo uma referência ao clássico som da fanfarra. Uma fonte confirmou isso e a outra trouxe uma outra origem. Nenhuma das duas faz qualquer referência ao verbo ”amaldiçoar”.

* Colaboração: S. F. (nome preservado), via email. Agradeço a colaboração!

Temos 16 Comentários sobre o artigo “A verdadeira história do termo “Rá-tim-bum””

Observação: Os comentários não expressam necessariamente a opinião do Tabernaculonet. A responsabilidade é do autor de cada comentário.

  1. rita diz:

    que bom,que isso não é nada de ruim,pois uma irmã havia me dito que “ratimbum”era o nome de um demônio,e eu ja estava desistindo de fazer o aniversário da minha filha de 5 anos

  2. José Ailton Leite diz:

    o povo evangélico precisam pesquisar sobre ás coisas pois muitas coisas como este termo ra ti bum é colocado como coisa demoniaca e isso como acabei de ver não tem nada de ruim.

  3. Josue dos Santos diz:

    EU SEMPRE ACREDITEI QUE FOSSE UMA PALAVRA MALIGNA,GRAÇAS A DEUS QUE NÃO E NÉ?QUE BOM! GOSTARIA DE OUVIR A OPINIÃO DE VOCÊS SOBRE WALT DISNEY,NÃO CONSIGO DEIXAR DE GOSTAR.A MAGIA DISNEY E SATANICA?

  4. Tabernaculonet diz:

    @Josue dos Santos: Olá. Sobre a Disney, leia os artigos abaixo e tire suas próprias conclusões.

    http://www.tabernaculonet.com.br/luz.php?facho=m0032

    http://www.tabernaculonet.com.br/luz.php?facho=t00096

    http://www.tabernaculonet.com.br/blog/?p=78

    Deus te abençoe.
    - Gustavo Guerrear

  5. Daniel diz:

    Existem muitos site postando esse significado com amaldiçoar, mas a dúvida é se alguém já leu ou conhece algum livro de magia dos persas ou dos druidas celtas já que estão dizendo que essa é uma possível origem? Se existe post o link ou o trecho.

  6. Abigail Prado de Souza diz:

    Por via das dúvidas, nós mudamos o ra tim bum quando comemoramos o nossos aniversários. Ficou assim:
    É benção, é benção, é benção muita benção
    Eu oro, eu oro, eu oro eu oro eu oro
    Por…vo…cê.
    Assim não corremos o risco de errar, na incerteza.

  7. Leo Rangel diz:

    O pessoal repete o quer ouve sem pesquisar. Eu sempre desconfio de tudo e todos e sempre pesquiso, mesmo que seja um professor universitário eu não confio, e sempre descobri erros, uns professores me amavam e muitos me odiavam por causa disso, mas esse é meu eu, fazer o que né?

  8. Leonardo diz:

    Eu acho uma palavra normal,ñ acredito q sejá algum tipo de maldição ao dizer ratibum.

  9. emerson diz:

    Eu é que não duvido. Essa explicação contraria pode ser do inimigo, para que as pessoas acreditem que essa palavra não é diabólica.

  10. Michelâgelo diz:

    Muito mal explicado isso que vocêis escreveram aí

  11. Glaucia diz:

    Eu tb não acredito muito que seja algo satânico,porém o famoso desenho castelo rá tim bum existia uma bruxa.Teria alguma relação?!

  12. Tabernaculonet diz:

    @Glaucia: Não, nenhuma relação. O “rá-tim-bum” é um termo genérico. Tem um canal com este nome, tinha um outro programa infantil com este nome, existem diversas empresas com este nome, enfim…

  13. Lucas diz:

    O fato de existir muitas empresas com esse nome, canais de tv e programas, só reforça a chance de a palavra ter realmente um significado maligno.

  14. Vieira diz:

    Tenho a mesma opniao do meu amigo Leo Rangel em 14 de janeiro de 2014, as 9:42 hs, pois em conversa de dois quem sabe mais engana o outro, não é porque é um professor universitário que sua opniao esta correta desconfie de todos, pesquise leiam mais nao confie no primeiro que tem sua opniao que por sinal muito fraca esta pesquisa deste professor, parece mais uma logica de que uma pesquisa,…e tambem fico com a ideia, na duvida, nao faca nada, mude a palavra bencao, bencao e bencao independente de religiao ou nao…abs

  15. Alessandro diz:

    Cuidado… Assim como a serpente conseguiu enganar a Eva… Tão conseguindo enganar vcs… Depois de séculos e décadas com o terno original de acordo com o dicionário informal… Agora o Brasil vem com essa de dicionário Etimológico… Affiii… O Brasil sempre querendo inverter os valores de tudo… Assim como quer legalizar aborto e muitos outros assuntos…. Isso é só uma alerta pro povo de Deus…

  16. Thais diz:

    Alessandro, bicho-papão vai te pegar também… Buuuuu…. Oh povo sem fé… Acredita em Deus e segue sua vida. O que vale é a intenção.

Dê a sua opinião!

Espaço para comentários referentes ao assunto abordado nesta página.
Os comentários são de responsabilidade do autor e não representam necessariamente a opinião do Tabernaculonet.
Os comentários são lidos antes de serem publicados.

imagem CAPTCHA